LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

6 passos para organizar o estoque de sua loja

 Todo fim de ano, é hora de pôr ordem na casa, abrir espaço para novas coleções, livrar-se dos produtos encalhados, organizar-se para prevenir problemas com entregas e evitar reclamações para o ano seguinte.

Afinal, não há nada mais frustrante para um cliente que concluir a compra de um produto e descobrir que não vai recebê-lo por pura falta de organização do vendedor, que não tinha o item na prateleira. Pega muito mal e dá muita dor de cabeça.

Então, sem preguiça: mergulhe no estoque e deixe tudo arrumadinho para vender mais e melhor no ano que vem.

Queima de estoque

Antes de pensar no novo, vamos analisar o velho. Ainda tem muito produto em seu estoque físico? São produtos que tiveram pouca saída durante o ano? Então, é hora de fazer um bota-fora!

Aproveite as datas especiais de fim de ano, como o Boxing Day (dia seguinte ao Natal), para fazer uma megaliquidação. Perdeu o timing, e elas já passaram? Não tem problema, faça sua própria liquidação, mas não se esqueça de divulgá-la!

Balanço

Antes de estocar novos produtos, é necessário avaliar no que investir. Por exemplo, quanto a esses produtos que encalharam, vale pensar na diminuição de quantidade. E os mais vendidos? Aumente. É simples, é só usar o conceito da oferta e demanda. Mas, para isso, é preciso ter os dados de 2013 levantados e analisados.

Invista nas tendências

Este ano tem Copa do Mundo, um evento que pode influenciar nas vendas, dependendo do mercado em que você atua. Lojas de artigos esportivos e eletrônicos (todo mundo quer uma bela TV para assistir aos jogos), por exemplo, devem ficar de olho nas oportunidades. Quem vende pacotes turísticos também tem de estar com as promoções prontas na manga.

Quem trabalha com moda já sabe como funciona: o segredo para acertar nas vendas é ficar de olho nas cores e nos estilos da estação. Faça essa lição de casa e tente antecipar, ao máximo, o que vem por aí.

Lembre-se do conceito da cauda longa

A teoria da cauda longa, popularizada por Chris Anderson, defende que a tendência do consumidor é, cada vez mais, buscar produtos específicos e personalizados para sua necessidade.

Ou seja, as empresas que querem ter sucesso devem investir em públicos-alvo específicos, com um portfólio focado, em vez de tentar vender tudo para todo mundo. Lembre-se dessa teoria na hora de abastecer seu estoque.

Faça divisões para uma melhor organização

Um estoque bagunçado dificulta não só embalar e despachar como também o controle e a visualização. Crie algumas divisões para os produtos, como segmentos, cores, tamanhos e fragilidade. O agrupamento otimiza tempo e recursos.

O controle rígido é fundamental

De nada vai adiantar deixar tudo limpo, organizado e com mix e quantidades adequadas de produtos se você não sabe exatamente o que entra e sai do seu estoque.

Você pode fazer o controle em planilhas no computador, no papel e caneta ou contar com a ajuda de softwares que fazem esse tipo de trabalho. A última opção é mais simples, e não é tão caro quanto você imagina!

E então, vamos colocar esse estoque em ordem nesse novo ano? Só depende de você! Mãos à obra!