LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Como vender artesanato pela internet

Saiba como abrir sua loja virtual de artesanatos

Um brinquinho, uma pulseira, uma lembrancinha para um amigo. Ao passear por uma tradicional feirinha de artesanato, é difícil resistir à tentação e sair de mãos abanando.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil, cerca de 9 milhões de pessoas se dedicam a esse tipo de atividade. O setor movimenta mais de 50 bilhões de reais por ano.

Então, por que não levá-los das barracas de ruas às telas dos computadores? Confira algumas dicas para vender artesanato pela internet:

Plano de ações

Assim como em todos os empreendimentos, você precisa de um planejamento para dar o pontapé inicial a sua empresa.

O que você irá vender? Quem vai cuidar da produção? Quanto irá cobrar por cada produto? O seu fornecedor de matéria-prima tem condições de atender uma maior demanda? Quem mais faz algo parecido com você? Quem é o seu público-alvo?

É a partir dessas respostas que você irá traçar suas metas e montar a estratégia e o posicionamento da sua marca.

⇒ Leia também: Aprenda a fazer um Plano de Negócios sem complicação

Pense no armazenamento

Comercializar artesanato requer atenção especial ao estoque. Muitas vezes as peças precisam de lugares arejados, ou então, por serem frágeis, necessitam ser manuseadas com cuidado. Por isto é importante tomar cuidado na hora de planejar esse espaço.

O estoque precisa espaçoso para que as peças não fiquem sobrepostas e acabem sendo danificadas. Rotule os itens para facilitar a organização, e não abra mão de usar caixas mais resistentes e plástico-bolha quando for realizar a entrega das mercadorias.

bannerebookprimeiraloja-1474486322849_600x150.png (600×150)

Invistas em boas fotos e descrições

Em qualquer loja virtual esses dois itens são importantes. Para quem vende artesanato, mais ainda. Os clientes precisam ter acesso a boas fotos para conhecer bem seu produto. Use imagens com alta resolução e feitas de diversos ângulos para que eles consigam perceber a riqueza dos detalhes, e acreditem que não irão encontrar aquele mesmo item em outro lugar.

Jogar com a exclusividade, aliás, é um ótimo negócio para lojas virtuais que vendem artesanato. Por se tratar de produção manual, cada peça é única e você deve frisar isso ao seu cliente.

Na hora de descrever, fale sobre os materiais utilizados e sobre o processo de produção. Por exemplo: “Biquíni de tricô bordado manualmente com aplicação de miçangas. Pedraria costurada à mão, uma a uma”.

Esses detalhes valorizam o seu trabalho e permitem que você cobre um valor mais elevado.

Avise, ainda, em quais cores e tamanhos você pode produzir cada item, mostrando ao consumidor que ele pode ter uma experiência personalizada.

Crie um blog

Crie um blog com textos originais e relevantes para o seu público-alvo. Além de comunicar, através dele, tudo o que tem de novo na sua loja, aproveite para dar dicas sobre artesanato, contar como é o seu processo de criação e ensinar alguns truques básicos para quem também gosta de se aventurar pelo mundo das artes.

A atividade é terapêutica para muita gente, por isso há muita pesquisa por dicas e sobre o assunto. E não se preocupe em “perder clientes” ensinando o que você sabe. O artesanato é algo muito único e pessoal. Por mais que você ensine suas técnicas, ninguém irá produzir um item exatamente igual ao seu.

E nesse processo de busca, o usuário pode acabar encontrando o seu site, conhecendo os seus produtos e se tornando um novo cliente.

 Leia também: 5 ideias de conteúdo para movimentar o blog da sua loja

Participe de redes sociais visuais

Além do queridinho dos internautas e das marcas, o Facebook, apostar no Instagram e no Pinterest é uma boa jogada para esse tipo de negócio. Como ambas as redes sociais são muito visuais, elas valorizam o ponto forte do seu trabalho manual.

Além de tirar e postar fotos das mercadorias, você pode incentivar que clientes compartilhem imagens dos produtos adquiridos em sua loja virtual.

Lembre-se que uma recomendação vinda de um amigo tem mais valor do que a sua autopropaganda. Portanto, incentive o compartilhamento.

Preparado para comercializar suas artes? Conheça a plataforma de Loja Virtual do UOL Host. Ela permite que você crie sua loja em instantes e comece a vender.

⇒ Não deixe de conferir o E-book Como montar sua primeira loja virtual e comesse seu negócio com o pé direito!