LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Como cuidar do seu financeiro em tempos de crise

Carolina Ruhman Sandler

Manter o controle de caixa é essencial para a sobrevivência do negócio

Em tempos de crise, os cuidados que quem empreende deve ter com seu negócio são redobrados. Aquela história de que nas crises é que estão as oportunidades é uma verdade parcial: é o relato de quem sobreviveu a uma com muita criatividade, ganhou mercado e cresceu em consequência disso. No entanto, não é necessariamente verdade para todos os negócios. E se empreender já é difícil em tempos de bonança, durante uma crise fica ainda pior.

Por isso, vale sempre lembrar que o calcanhar de aquiles do empresário não é o prejuízo, mas sim a falta de caixa. Se você tiver caixa suficiente para segurar o período de vacas magras, conseguirá passar bem pela crise; mas se faltar caixa para pagar funcionários e fornecedores, não tem jeito: é assim que se quebra.

O controle financeiro da sua empresa deve ser prioridade no momento. Existem diversas ferramentas que podem ajudá-lo a controlar seu fluxo de caixa, como o Zero Paper e o Conta Azul, ou até a boa e velha planilha de Excel. Não importa a sua escolha (eu adoro o Zero Paper, mas isso é uma escolha pessoal), desde que você tenha sua forma de controle. Olhando para o seu fluxo de caixa, você consegue saber em que pé está a sua empresa e quanto tempo você tem de “pista de decolagem” para o seu negócio pegar. 

 BAIXE GRÁTIS: Planilha de Controle Financeiro UOL HOST

Separar a conta de pessoa física da jurídica é essencial. Sem isso, fica tudo uma bagunça e você não consegue saber qual o seu lucro real, quanto pode fazer de retirada, se suas contas estão em ordem ou se o cenário é pior do que imagina.

No entanto, não vá gastar toda a sua energia olhando a sua planilha a cada meia hora e sofrendo com a falta de clientes. Afinal, existem, sim, oportunidades escondidas na crise – basta você saber procurá-las. No meu caso, a perda de clientes no início da crise me forçou a diversificar o meu modelo de negócio. As oportunidades estavam lá desde o início, mas a crise foi o motivador que faltava para que eu saísse em busca de alternativas, e logo encontrei as minhas.

A crise nos força a ser mais criativos e a olhar melhor o que não estávamos enxergando antes. Novos cenários se criam pela mudança de circunstâncias e hábitos dos clientes. Com muita criatividade e pesquisa de mercado você pode conseguir encontrar grandes oportunidades. No entanto, não se esqueça de olhar com carinho para o seu financeiro – é ele quem vai garantir sua sobrevivência no fim das contas.