LOGO UOL HOST

Qual o melhor horário para enviar e-mail marketing?

Escolher o melhor horário para enviar e-mail marketing exige atenção à rotina do público alvo e seu comportamento como leitor de e-mails. 

Por exemplo: o momento ideal para falar com mães que acabaram de ter um bebê e estão em casa cuidando dele provavelmente é diferente do horário certo para se comunicar com um executivo que trabalha em uma multinacional ou com um aposentado, que passa o dia todo em casa e por aí vai.

Aqui vão algumas questões que devem ser levantadas na hora de escolher o horário: 

- Qual a profissão do seu público? Se ele trabalha em escritório, em frente ao computador, as chances de ele ler seu email no horário comercial é maior. Se ele trabalha na rua, academia, consultório, e diversas outras atividades que não exigem estar em frente ao computador no horário comercial, as chances de ele ler seu e-mail depois do expediente são muito maiores. 

- Que tipo de consumidor de internet ele é? Se for um frequentador assíduo de lojas virtuais, que costuma comprar online ou cadastrar-se em diversos sites de conteúdo, a quantidade de mensagens, relevantes ou não, que ele recebe deve ser imensa. Procure trabalhar uma mensagem adequada ao perfil dele e que se destaque no meio de tanto lixo eletrônico. 

- Qual o cargo do seu público? O horário do almoço (entre 12:00 e 14:00 horas) é bem adequado. Porém, dependendo do cargo do seu público, ele pode oscilar entre verificar sua caixa postal no intervalo do trabalho, ou seja, na hora do almoço ou ele pode verificar quando volta do almoço. Se o seu email possui conteúdo que corresponde ao tipo de trabalho do seu público, durante o expediente (entre 10:00 e 12:00 e entre 14:00 e 16:00 horas) pode ser um bom horário para enviar. 

- Qual o tipo de mensagem que seu e-mail marketing passa? Em newsletters é natural existir um intervalo entre a visualização e as interações (cliques nas notícias) de quem as recebeu. Isso é positivo pois mostra que a newsletter é relevante e que ele a guardou para ler quando tiver tempo. 

- Como é seu relacionamento com o público? Mensagens enviadas periodicamente e com conteúdos adequados ao perfil e necessidade do público alvo, serão sempre melhor recebidas. No meio de tantos e-mails, sua mensagem precisa se destacar. 

 

- Com que frequência seu cliente recebe e-mails de outras empresas? Se você conseguir detectar a quantidade média de mensagens que seu cliente recebe de outras empresas além da sua, saberá mais ou menos o tamanho da sua concorrência.

 

Um bom exemplo para ilustrar o que isso significa é o mercado de games. De modo geral, o público-alvo deste tipo de produto é jovem e muito conectado. Isso quer dizer que ele pode ser bem suscetível ao seu e-mail marketing, só que também indica que ele provavelmente recebe muitos outros. Sua preocupação deve ser estar entre as mensagens que ele jamais deletaria sem ler.

 

- Sua mensagem diz respeito à vida pessoal ou ao trabalho do cliente? Quem não se incomoda ao receber um email do chefe em pleno fim de semana? Se você vende produtos que dizem respeito a uma rotina profissional (como artigos de escritório, por exemplo), evite enviar seu email marketing em períodos de descanso e lazer (de noite e aos fins de semana). A chance de eles irem parar no lixo é enorme quando são abertos fora do local e horário de trabalho.

 

Por outro lado, se sua mensagem for de teor muito pessoal, ofertas de lingeries, por exemplo, ela pode ser inadequada para ser acessada no ambiente de trabalho e acabar se perdendo, caso chegue à caixa de entrada no meio do expediente.

 

- Há mais de um tipo de cliente no seu mailing? Se sua resposta para esta pergunta for “sim”, a solução é segmentar o mailing, criando grupos diferentes de acordo com os perfis de cada um. Dessa forma, você pode direcionar melhor seus disparos e aumentar a taxa de abertura.

 

- Como saber o que funciona? Esta é fácil: testando. Experimente mandar a mesma mensagem em horários diferentes para diferentes grupos e veja qual é o resultado. Repetindo essa fórmula, você poderá, em pouco tempo, descobrir o que funciona melhor para o seu público.

 

De tempos em tempos, pesquise de novo, segmente novamente sua base, se for necessário, porque o cenário pode mudar.  

 

Uma tabela como guia

 

Não é possível tomar decisões sem conhecer bem o público. Mas, baseado em diversas pesquisas sobre o tema, apresentamos algumas regras gerais podem servir de baliza para a sua estratégia:

 

Entre 22h e 6h – horário ruim: vários e-mails são enviados enquanto o usuário está dormindo. Quando ele liga o computador, no dia seguinte, tem uma série de mensagens acumuladas. Esses e-mails têm grandes chances de serem deletados ou reportados como spam.

 

Entre 6h e 10h – horário bom: é o período mais ativo do usuário na sua caixa de entrada, de modo geral. A concorrência é grande (inclusive com assuntos mais urgentes), mas neste período ele está bastante propenso a se deixar distrair com e-mails de marketing, pois ainda não mergulhou no trabalho.

 

Entre 10h e 12h – horário ruim: o foco neste intervalo é todo no trabalho e as mensagens que chegam tendem a ser consideradas como intromissões. Evite incomodar.

 

Entre 12h e 14h – horário regular: muitas pessoas conseguem abrir seus e-mails com calma apenas na hora do almoço, então, este é um período com grandes taxas de abertura, mas não quer dizer que seja um bom momento para conversões. A tendência é se concentrar em responder mensagens urgentes.

 

Entre 14h e 16h – horário ruim: como no intervalo das 10h às 12h, o mais importante volta a ser o trabalho e os outros e-mails. Com sorte, sua mensagem será deixada para mais tarde, mas há grandes chances de ela ser ignorada ou apagada.

 

Entre 16h e 17h – horário bom: este é outro bom momento para o seu e-mail. O que era urgente já está pronto ou em andamento neste horário e, normalmente, sobra tempo para uma olhada mais atenta à caixa de entrada.

 

Entre 17h e 19h – horário bom: se você vende produtos relacionados a lazer e férias, este é o melhor período. Quem ainda está no trabalho, provavelmente está cansado e quer arejar um pouco a cabeça. Quem está em casa, já está entrando no modo descanso. Dados apontam que, em média, 30% das mensagens de marketing são abertas neste período.

 

Entre 19h e 22h – horário regular: neste horário, a maior parte dos clientes já está em casa e totalmente dedicada a atividades que estão pouco ligadas ao trabalho. Sugestões nas áreas de eletrônicos, moda e esportes são as que fazem mais sucesso neste intervalo.

 

Sábado – horário regular: é uma das maiores oportunidades para produtos de uso pessoal. As taxas de abertura e cliques chegam a ser mais altas que qualquer horário durante a semana. Mas é também o dia da semana em que há mais mensagens reportadas como spam. O que isto quer dizer? Que você deve ser muito relevante ao enviar mensagens aos sábados.

 

Domingo – horário ruim: nem todo mundo acessa e-mails aos domingos e as mensagens acabam caindo na primeira faixa da segunda-feira – aquela que não é das mais felizes. Melhor evitar.

 

Assuntos recentes

Atendimento Online

Somente para assinantes

Fale com um dos nossos atendentes especializados via chat ou envie um e-mail.

Iniciar Chat ou Enviar E-mail

Central de atendimento

Atendimento 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Se preferir você pode entrar em contato com a nossa central de atendimento

4003 9011 Capítais e regiões metropolitanas

0800 881 9011 Demais localidades