LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Planeje-se para abrir sua loja virtual este ano!

Você vem, há anos, sonhando com a possibilidade de largar o emprego e se tornar seu próprio patrão? Que tal colocar esse plano em prática, esse ano, criando sua loja virtual?

Empreender no mundo digital traz muitas vantagens. Os custos iniciais são bem menores que os de uma loja física. Você pode começar com uma estrutura modesta, trabalhando em casa, e crescer aos poucos.

Com o planejamento adequado e muita dedicação, esse pode ser o caminho para você mudar de vida.

Quer saber quais são os passos para chegar lá? Venha com a gente!

Prepare-se

Durante as férias, aproveite o momento para tirar um tempo para se debruçar sobre os livros, procurar cursos, enfim, adquirir os conhecimentos necessários para começar seu negócio.

Matemática não é o seu forte? Então procure material sobre contabilidade e finanças. Não entende muito sobre administrar um negócio? Faça um bom curso de gestão. Quer saber como promover sua futura loja? Siga blogs de marketing e baixe e-books sobre o assunto. Tudo isso vai ajudá-lo a se sentir mais confiante na hora de abrir as portas da sua empresa.

Pesquise o mercado

Quem são seus clientes? Onde eles estão fisicamente? Eles precisam do seu produto? Quanto estão dispostos a pagar por ele? Há demanda suficiente para tornar sua loja viável? Quem são seus concorrentes e o que fazem de bom ou ruim? Quem são seus potenciais fornecedores? Eles estão dispostos a negociar com você?

Tudo isso faz parte da pesquisa de mercado. Esse panorama é fundamental para identificar se existe, de fato, uma oportunidade de negócio.

Faça as contas

Parece até brincadeira, mas, acredite, muitas empresas vão à falência porque o empreendedor deixa de fazer contas básicas, como os custos e a margem de lucro que vai ter na sua operação.

Coloque absolutamente tudo no papel: custos de estoque, quanto você vai gastar com sistemas para manter a loja no ar, quanto será necessário investir para divulgar sua loja e por aí vai.

Não se esqueça de que você vai precisar de uma reserva financeira de alguns meses para pagar suas contas pessoais até que a loja comece a dar retorno. Nessa hora, seja conservador. É melhor sobrar que faltar.

Maneire no otimismo na hora de projetar os ganhos. As coisas podem não andar tão depressa quanto você imagina. O importante é ter uma projeção do que vem pela frente e traçar metas possíveis de alcançar, além de definir métricas para monitorá-las.

Teste no mundo real

Colocou tudo no papel? É hora de validar sua proposta. Apresente seu modelo para pessoas de confiança, converse com os futuros clientes e veja se o que você está oferecendo faz sentido para o seu público.

Nessa hora, é importante buscar feedbacks sinceros. Não procure só as pessoas que você sabe que vão elogiar o projeto. O objetivo é identificar possíveis falhas na estratégia e corrigi-las antes de colocar o bloco na rua.

Projete cenários

Planeje o seu primeiro ano de vida em três versões: o melhor, o que serve e o pior cenário.

Quando você faz esse tipo de exercício, passa a ter uma ideia do que pode acontecer e estar, de alguma forma, preparado para reagir sem sofrer demais diante dos cenários diversos, afinal, você já pensou neles.

E planejar não quer dizer apenas sonhar. Significa abrir uma planilha e desenhar, mês e mês, o que será feito para atrair novos consumidores e vender mais.

Tenha uma estratégia de marketing

Um dos maiores erros de quem cria uma loja virtual é achar que basta colocar o site no ar que os clientes vão aparecer.

Infelizmente, não é assim que funciona. Se você quer vender, terá de promover seu negócio e fazer com que as pessoas o conheçam.

Como? Usando todos os artifícios possíveis e imagináveis como, por exemplo, redes sociais, sites de buscas, links patrocinados, e-mail marketing, comparadores de preços, e muitos outros.

Cada uma dessas estratégias tem vantagens e desvantagens. Algumas podem ser usadas com muito pouco investimento financeiro, mas requerem tempo e dedicação. Portanto, planeje-se o quanto antes para entender melhor sobre o assunto e colocar tudo em prática.

Procure um coach ou mentor

Você fez tudo bonitinho e está pronto para lançar sua loja. Mas, de repente, dá aquele frio na barriga. Você se lembra de que nunca fez isso na vida e começa a suar frio. Isso é natural e muito saudável. Uma maneira de evitar essa sensação é ter alguém mais experiente ao seu lado.

Se você não tem verba para pagar um profissional, procure aconselhar-se com um amigo que entenda de administração ou tenha um negócio próprio. Isso o ajudará a diminuir a angústia e pode evitar que cometa muitos dos erros de principiantes.

Relaxe e aproveite a viagem

Pra quem acha que ser patrão é moleza, saiba que não é bem assim. Se seu plano virar mesmo realidade, neste mesmo período do ano que vem você estará enfrentando o mês mais crítico da sua empresa (e talvez da sua vida): com altas vendas e grandes desafios de logística.

Ter um negócio é vencer uma batalha por dia e vai exigir muito pique e energia. Portanto, não se esqueça de reservar um tempo para descansar nos intervalos. Distanciar-se um pouco do caos ajuda a abrir a cabeça e enxergar as coisas de outro ângulo.

E não se esqueça: o objetivo é ser mais feliz, fazendo o que você gosta. Portanto, celebre as pequenas vitórias, comemore todos os resultados positivos e aproveite a viagem!

 

>> Conheça a Loja Virtual UOL HOST, e comece a vender o quanto antes!