LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

As piores práticas de links patrocinados e como evitá-las

Garantir um bom lugar nos resultados de buscas , de preferência na primeira página, já que a maioria dos usuários não vai além dela. Este é o objetivo de qualquer empresa preocupada em ter uma boa presença digital.

Mas, como já dissemos aqui, para conseguir esse resultado de maneira natural, é preciso suar a camisa e caprichar muuuuito na estratégia de SEO. Mesmo assim, os resultados não são garantidos.

Entram em cena então os links patrocinados, que permitem pegar um atalho e garantir um destaque no topo da página de resultados do buscador.

Para chegar lá, não basta apenas colocar a mão no bolso. Tem uma série de detalhes aos quais você deve estar atento. Do contrário, seu investimento pode ser desperdiçado.

Saiba quais são as piores práticas na hora de investir em links patrocinados e aprenda a fujir delas:

Escolher palavras-chave genéricas

Um erro comum é não escolher as palavras-chaves que realmente estão relacionadas com o que você quer anunciar.

Você precisa ter em mente (como se fosse um mantra) que, quanto mais precisas e coerentes as palavras-chaves de cada anúncio, mais visitantes qualificados seu link patrocinado terá e maior a possibilidade de conversão em vendas.

Exagerar no número de palavras-chaves

Fuja desesperadamente da tentação de colocar milhares de palavras-chave por anúncio. Poucas palavras, segmentadas e coerentes, trazem resultados muito melhores. Um bom anúncio tem, em média, 20 palavras-chaves.

Não criar landing pages

Outra prática ruim é não se preocupar em criar e testar as landing pages a campanha. Concorda que não tem nada mais irritante do que fazer uma busca, clicar no link da busca e cair em uma página de erro ou uma homepage?

Direcionar o usuário para uma página que não tem nada a ver com o que ele procura é um verdadeiro tiro no pé. Então, tenha o cuidado de testar cada link, direcionando o internauta para a página correspondente ao que está anunciado.

Não estipular métricas e indicadores de sucesso

Para saber se a ação deu certo, é preciso medir os resultados. Estipule uma meta de vendas para o período. Acompanhe o índice de perto, para saber se o investimento está realmente valendo a pena.

Persistir no erro

Sua campanha não está dando resultado? Então é hora de rever suas palavras-chave. O próprio sistema de anúncio oferece ferramentas que vão ajuda-lo a refinar melhor seu “vocabulário”, mostrando termos relacionados e indicando quais são os mais buscados e quais estão em alta no momento.

 

Tem outras sugestões de práticas ruins de links patrocinados para compartilhar? Deixe aqui o seu comentário.

>> O UOL HOST oferece uma equipe qualificada e certificada pelo Google para criar e gerenciar suas campanhas no Google Adwords. Conte conosco!