LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Meu e-mail marketing está tão lindo, mas não vende. Socorro!

Você escolheu cuidadosamente a fonte, fez um estudo de combinação de cores, caprichou no layout e deixou seu e-mail marketing tão lindo que ficou até com vontade de colocá-lo em uma moldura e pendurar na parede.

Mas parece que tanto capricho não adiantou muito. Os resultados estão fracos, as taxas de abertura e de conversão de clientes estão baixas. E agora, José?

Bem, o visual atraente é só um dos passos para um e-mail marketing eficiente. Você deve, também, atentar a outros fatores:

- Você já parou para pensar que uma parcela significativa dos destinatários pode estar tentando lê-lo pelo smartphone? Verifique se o seu e-mail marketing funciona legal em navegadores de celular.

- No meio das firulas, tem realmente algo que chama a atenção do consumidor? Pode ser uma liquidação, um desconto, uma coleção nova, frete grátis ou mesmo uma dica bacana. O importante é ter conteúdo!

- E o call to action, como vai? O e-mail tem de, em algum momento (ou em vários), incitar o cliente a agir. Frases como Clique aqui! Compre já! e Garanta o seu agora! têm de estar presentes.

- Está enviando todos no mesmo horário? Faça um teste de disparo em horários diferentes, veja qual deles dá mais retorno. Seus títulos são vendedores? E-mail que não chama a atenção é e-mail deletado. Faça testes A/B antes de disparar a mensagem para a base toda, e veja qual o assunto que mais atrai cliques.

- E sua base de dados está atualizada? As mudanças de endereço costumam ser constantes e você deve acompanhar esse ritmo para fazer disparos inteligentes e eficazes. É importante, também, ter uma base própria. Comprar mailling, na maioria das vezes, é furada e um convite para ir parar nas listas de spam.

 

E aí, descobriu o que está falhando? Então conserte esse errinho e depois conte para a gente se o bonitão fez sucesso!