LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

6 dicas financeiras para sua loja virtual prosperar

Você finalmente conseguiu realizar o seu sonho de abrir um negócio próprio, investiu dinheiro e muito tempo para deixar tudo funcionando, certo? E para que tudo continue caminhando na direção certa, você precisa fugir de alguns erros financeiros  que muitos empreendedores cometem e que podem colocar tudo a perder.

Em 2012, um levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), apontou que 48% das empresas que foram abertas não conseguiram sobreviver após o terceiro ano de operação.

Para ficar bem longe dessa estatística e garantir que seu e-commerce terá uma vida longa, veja dicas do que você deve fazer nos seus primeiros anos de vida:

Não fuja do planejamento
Antes de iniciar um negócio, é muito importante que você tenha um plano de negócios bem estruturado. Nele, você precisa fazer uma análise detalhada do mercado em que sua empresa vai atuar. 

Não pule essa etapa, pois ela pode apontar quais são os possíveis riscos que podem fazer seu negócio afundar. Nesse plano também é importante fazer sua projeção financeira: valor de caixa inicial e quanto precisa ser seu faturamento e lucro mensal para manter as “portas abertas”.

Faça o controle de caixa
Para garantir a saúde do seu e-commerce, você não pode se esquecer de controlar o seu caixa. Tenha um sistema, ou pelo menos uma planilha, que mostre quanto dinheiro tem saído e quanto tem entrado. Nem precisamos lembrá-los que os dados precisam estar diariamente atualizados, não é?

Acompanhe sempre suas contas bancárias e identifique em quais pontos é possível reduzir gastos além do necessário. O dinheiro que sobrar pode ir para a “poupança” da sua loja virtual para emergências ou ser investido em melhorias.

Não misture gastos pessoais com o da empresa
Esse erro é muito comum entre os empresários novatos. Se você anda colocando seus gastos pessoais com os da sua loja, mude isso agora mesmo, antes que sua empresa comece a crescer e essa mistura fique indissolúvel.

Quando você mistura as contas, você pode perder o controle dos gastos, além de deixar de aplicar o lucro do seu negócio em prol do seu crescimento. E para ter uma loja virtual de sucesso, é preciso investir constantemente - pode ser em divulgação, estoque ou melhora no processo de logística.

Não conte com o lucro da sua empresa para pagar suas dívidas até que o dinheiro recebido pela sua loja seja suficiente para suprir as necessidades e ainda sobre. Estipule um pro labore, ou seja, um “salário” mensal para você. O resto deixe no caixa da empresa para os futuros investimentos.

Cuidado para não se enrolar em empréstimos
Antes de fazer qualquer empréstimo, você precisa ter um plano de como fará para quitá-lo. Isso evita que no futuro as dívidas sejam maiores que o lucro e o seu caixa opere no vermelho.

Se você se der conta que o faturamento da empresa não está cobrindo as dívidas, revise seu plano de negócios e crie uma estratégia para mudar o cenário. Cortar gastos desnecessários e renegociar com o banco o valor das parcelas podem ser boas saídas.

Invista em divulgação
Para sua marca se tornar cada vez mais conhecida, você precisará investir em divulgação, não há uma fórmula mágica para conquistar novos consumidores sem táticas de marketing.

Por isso, separe um valor (que caiba no bolso da sua empresa) para esse fim. Você pode estudar maneiras de gastar pouco e atingir seu objetivo. Analise quais meios de comunicação que te trarão mais retorno.

Faça bom proveito do lucro
Nós sabemos que você vai ficar empolgado quando o lucro de sua loja virtual crescer, mas é preciso se controlar e não perder o foco gastando em coisas ainda desnecessárias.

Não estoque mais produtos do que o necessário, nem invista em ações de marketing ineficazes para o seu negócio. Se o dinheiro sobrar, uma opção é aplicá-lo em um investimento que possa trazer lucros ainda maiores no futuro. Quem sabe uma nova linha de produtos, ou então, profissionais para otimizar os seus processos?

 

Mantenha o foco e não tire os olhos dos números!