LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

5 dicas para não desperdiçar dinheiro ao abrir sua loja virtual

Logística de entrega, estoque, mão de obra qualificada, divulgação e manutenção da loja. Estes são apenas alguns itens que exigem investimento e são indispensáveis no planejamento de quem está se organizando para abrir uma loja virtual.

Quem opta por criar sua loja no UOL HOST já começa economizando − com planos a partir de 59,99 reais mensais, o empreendedor consegue montar seu negócio virtual sem ter de se preocupar com manutenção, hospedagem e meios de pagamento.

Mas há outras atitudes que você pode tomar para reduzir os gastos no início da sua empreitada. Veja quais são elas:

Analise suas chances de sucesso

Antes de investir tempo e dinheiro em sua loja, o primeiro passo é analisar se realmente existe demanda para os seus produtos. Não tente reinventar a roda se o que seu público-alvo quer, na verdade, é somente algo prático e funcional. 

Reinvista o lucro

Os primeiros anos de um negócio requerem investimentos para que ele possa crescer. Em vez de colocar a margem de lucro toda no bolso, reserve uma boa fatia para fazer melhorias e ampliar o estoque.

Corte o supérfluo

Será que você precisa mesmo de uma máquina de café italiana ou de uma secretária no escritório logo nos primeiros meses de operação? Corte todos os gastos desnecessários para ser mais eficiente nos custos.

Avalie os custos (e riscos) de cada medida

Dê um passo de cada vez e avalie o impacto de cada decisão no seu negócio. Começar oferecendo frete grátis para todos os produtos da loja, por exemplo, pode causar um rombo irreparável no seu caixa.

Além de desequilibrar seu orçamento, que ainda está em processo de construção, há o grande risco de você ainda não estar pronto para a demanda e não conseguir cumprir o prometido.

Não economize com especialistas

Isto mesmo que você leu. Aqui é o clássico caso do “barato pode sair caro”. Dificilmente você dará conta sozinho de todas as tarefas envolvidas na administração de uma loja virtual. 

Contratar um contador para cuidar do seu livro-caixa e do recolhimento de impostos, por exemplo, é um pré-requisito para evitar dores de cabeça com a Receita Federal – e ter de gastar muito mais lá na frente para colocar tudo em dia.