LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

5 estratégias para encontrar um nicho para atuar no comércio eletrônico

Provavelmente, você já foi a algum restaurante no qual pode montar a massa com ingredientes à sua escolha ou, então, criar uma salada somente com as coisas de que você gosta. Na loja virtual americana Elements Bar você pode fazer o mesmo com sua barra de cereal.

5 estratégias para encontrar um nicho para atuar no comércio eletrônico

 

O cliente entra no site e vai personalizando seu snack com frutas, chocolate, grãos, essências e proteínas, tudo a gosto do freguês, que recebe em casa a encomenda do jeitinho que escolheu.

O exemplo acima confirma uma tendência do e-commerce: as lojas virtuais estão, cada vez mais, especializadas e menos generalistas. O motivo é simples: competir com grandes lojas que vendem de tudo, como Amazon ou Submarino, é muito difícil para quem está começando. O segredo é escolher um nicho e focar nele.

Mas esta pode ser justamente a parte mais difícil: decidir em que nicho atuar. Seguindo as dicas abaixo, o processo pode ficar mais fácil do que você imagina. Vamos lá!

Liste suas paixões

Tenha em mente que, pelo menos nos primeiros anos de vida da empresa, você terá de se dedicar em tempo integral a ela. Portanto, você deve trabalhar com algo que lhe agrade e motive. Caso contrário, logo perderá o interesse por seu próprio negócio.

Na hora de fazer esta lista vale tudo! Coloque hobbies, lugares, atividades, animais, causas. Enfim, de pescaria a reciclagem, tudo o que lhe dá prazer deve ser listado. Depois, com esta lista em mãos, veja com o que é possível trabalhar.

Encontre solução para problemas

Pense em problemas que você encontra no seu cotidiano e tente buscar soluções para eles. O site Pack4pet, que trabalha com o esquema de assinatura de produtos para animais de estimação, surgiu como uma solução para o problema dos fundadores da empresa, Tatiane e Marco. 

Cansados de ir ao pet shop todo mês comprar a mesma ração, o mesmo antipulgas e os mesmos brinquedinhos, eles pensaram que, se pudessem comprar tudo isso online, em uma tacada só, sem a necessidade de refazer o pedido todo mês, com um sistema que já tornasse este pedido mensal automaticamente, seria o máximo. Assim nasceu o empreendimento.

Pesquise o mercado

Busque informações sobre sua ideia e pesquise o mercado. Veja se já existe algo parecido sendo feito. Se sim, tente encontrar possíveis falhas no processo. E, mais uma vez, estude soluções para esta falha. Se a sua ideia não for 100% original, você terá de encontrar seu diferencial. Do contrário, é melhor desistir da empreitada, pois a concorrência será dura.

Teste a viabilidade

Suponhamos que você pensou em criar uma loja virtual para vender produtos para esqui. Será que esta é uma boa ideia para o mercado brasileiro? Você precisa, antes de colocar seu plano em ação, estudar seu público-alvo para saber se a ideia é realmente viável ou se precisará passar por mais algumas mudanças e amadurecimento do projeto.

Pense fora da caixa

Converse, conheça gente, construa o chamado networking. São nesses encontros e conversas que as ideias podem aparecer. Provavelmente existem nichos que você desconhece, por não fazerem parte do seu cotidiano. Só saindo da rotina e respirando novos ares que você será capaz de identificá-los.

 

Pronto para encontrar seu lugar ao sol? Então vá à luta!