LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

4 novidades da Amazon para ficar de olho

Embora seja uma das empresas mais tradicionais do e-commerce, a Amazon não fica para trás quando o assunto é lançar tendências e inovar.

A empresa, que nasceu vendendo livros nos primórdios da internet, hoje oferece mais de 20 milhões de produtos nas mais variadas categorias.

Com mais de 50 milhões de clientes e presença garantida no top 15 das marcas mais influentes do mundo, a gigante do comércio eletrônico está sempre lançando moda.

Suas empreitadas de sucesso no mundo dos livros eletrônicos (com o leitor Kindle) e da computação em nuvem (com o portfóio de serviços Amazon Web Services) estão aí para provar que sempre vale muito a pena prestar atenção a tudo que a empresa de Jeff Bezos faz.

Quer saber o que eles andam “aprontando”? Confira algumas novidades para ficar de olho:

Patente do fundo branco

Em março, a Amazon obteve uma patente denominada“studio arrangement”. Na prática, ela garante à empresa os direitos sobre diferentes formas de capturar imagens de objetos e produtos em um fundo branco.

É bom estar atento a isso, já que muitos fotógrafos (e lojas virtuais) utilizam essa prática em ensaios. Ainda não se sabe se a Amazon pretende fiscalizar o uso de sua patente por outras pessoas, e nem o porquê de ter comprado essa briga. Mas é bom desde já ficar de olho no lance.

Amazon Dash

Essa “engenhoca” lê código de barras e contém um microfone. A ideia é que ela facilite as compras triviais dos clientes, como alimentos, bebidas e produtos de higiene.

Por exemplo, quando algum item estiver acabando na despensa, basta usar o Amazon Dash para ler o código de barras e, assim, um produto igual será entregue na casa do cliente no dia seguinte.

Não é necessário que faça nenhum pedido adicional, somente a leitura do código já lança um alerta para o sistema de logística e entrega.

O consumidor também pode usar o microfone para “pedir” o produto que ele quer no gogó, mas nesse caso, é preciso depois confirmar as especificações (como marca e tamanho) pelo site.

Por enquanto, o dispositivo está em teste em três cidades dos Estados Unidos.

Amazon Locker

Trata-se de uma ideia da Amazon para facilitar a entrega de produtos para quem está viajando ou simplesmente não tem endereço para destinar a sua encomenda.

Funciona da seguinte maneira: o cliente faz a compra pela internet e escolhe o local mais próximo onde tenha um armário da Amazon instalado (parecido com aqueles de colégios e clubes).

Ao finalizar sua compra, o consumidor recebe um código para a abertura desse armário e retirada da sua mercadoria, que estará ali.

Entrega antecipada

Esse sistema funciona na base de algoritmos e a Amazon pretende revolucionar as entregas com ele.

O mecanismo se antecipa à finalização do pedido. Enquanto o cliente está escolhendo e avaliando, o produto já está a caminho de sua residência (mesmo que ele não tenha fornecido o endereço de entrega!). Para conseguir essa façanha, o sistema trabalha com geolocalização.

Se o cliente concluir a compra, a Amazon envia o endereço específico de entrega para o sistema e o produto chega em tempo recorde na casa do comprador.

O mecanismo não está em funcionamento e ainda passa por testes e aprimoramento, porém, a Amazon já registrou os direitos sobre o sistema.

 

Você já conhecia alguma dessas novidades? Acha que elas irão emplacar?