LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Romeo Busarello: olhar observador e relacionamentos são fundamentais para inovar

Um dos principais nomes quando se fala em inovação digital, Romeo Busarello, diretor de Marketing e Ambientes Digitais da Tecnisa, conversou com o UOL Host para dividir sua experiência no meio web.

Na entrevista, ele fala sobre como treinar o olhar para enxergar o diferente e qual deve ser a postura do pequeno empresário para ter bons resultados na internet.

Ele ainda dá dicas para os pequenos empreendedores aproveitarem as oportunidades que o ambiente digital traz e avisa:

“É preciso pensar nos leads vindos pelo mobile. É algo que cresceu muito e que vai crescer mais. Nos próximos dois anos mais de 50% das visitas ao nosso site serão originadas por mobile”.
 

Confira o papo da íntegra:

Você é uma referência em inovação no marketing digital. Como treinar esse olhar diferenciado?

Eu começo dizendo que é preciso ter um vício muito grande por ler e gostar de pesquisar. Além disso, é importante ter um olhar treinado para observação, sabendo traçar cenários análogos, porque às vezes as pessoas veem, mas não enxergam o ponto principal que deveria ser observado. E quem trabalha com inovação precisa saber enxergar e não somente ver.

O último componente é ter uma boa rede de relacionamento. Ela ajuda muito a ter ideia, insights, fazer correlações e sinapses. E às vezes as pessoas não dão o devido valor para essa questão.

Posso dizer que esses três pontos – leitura, olhar observador e rede de relacionamentos – ajudam muito a ter uma mente inovadora.     

A Tecnisa sempre foi pioneira no uso de novas plataformas para chegar até o consumidor e você está por trás dessas iniciativas. Como é possível se diferenciar da concorrência e ter iniciativas que o destaquem no mercado?

No mundo digital você não pode seguir as regras do jogo, você precisa escrevê-las. E a Tecnisa sempre se caracterizou por ser assim.

A forma de você de destacar é estando sempre à frente, se antecipando as mudanças e as tendências.

O melhor exemplo disso, fazendo uma analogia, é a comparação entre o GPS e o Waze. O primeiro, quando você muda a rota, faz um ajuste para o novo caminho a ser seguido, enquanto que o segundo permite que você trabalhe com prontidão e antecedência, porque você consegue ver o que está acontecendo lá na frente. Assim, além dos ajustes, você trabalha com antecedência.

No mundo digital, como no caso da Tecnisa, a gente sempre trabalhou de prontidão para abraçar as ideias que emergem, as tendências que surgem, as ferramentas e funcionalidades que diariamente são descobertas e colocadas no mercado.

Qual é a importância de saber se comunicar com o seu público quando falamos em crescimento e fortalecimento de marca?

Hoje a internet tem muitas possibilidades para você falar com o público certo, porque cada vez mais você tem informações muito relacionadas ao seu público.

Você tem o remarketing, que é uma ferramenta muito poderosa, você tem redes sociais cada vez mais segmentadas, você tem pequenos sites, blogs muito específicos e, dependendo da natureza do seu negócio, você consegue atingir em cheio o público que interessa para a sua empresa.

É diferente de você fazer um anúncio em jornal, no qual muitas vezes você coloca fogo na casa para matar barata. É um tiro de canhão para matar formiga.

Na internet, você consegue atingir públicos muito específicos. Hoje, com a mídia programática, que ainda não está consolidada e está em uma fase muito inicial no Brasil, você consegue em médio prazo acertar em cheio o público que interessa.

Por isso, o profissional precisa estar muito ligado a essas novas possibilidades que surgem para se comunicar de forma eficiente com o seu público. Poucos profissionais no Brasil já atentaram para essas novas possibilidades, esse novo mundo digital que está surgindo.

Como uma pequena loja virtual pode aumentar o seu faturamento com a participação dos canais virtuais?

Em primeiro lugar, não adianta o pequeno e-commerce fazer investimento de comunicação se  não tiver a sua parte de back office bem resolvida.

Cada vez mais pequenos negócios sobrevivem, ou não, dependendo das reputações e das resenhas que se escrevem sobre o seu negócio. Por isso que é importante receber críticas construtivas ao negócio e que não comprometam a empresa.

Porque se você fizer uma comunicação boa e não entregar o prometido, ou fizer uma cobrança indevida, ou não der um retorno quando o cliente tiver algum problema com um produto que ele comprou, certamente você vai receber fortes críticas nas redes sociais.

E para um negócio que está começando, resenhas são muito importantes, sobretudo resenhas positivas. É importante que você se preocupe muito com isso, porque de uma forma orgânica, se você conseguir menções positivas para o negócio, você poderá economizar muito dinheiro em comunicação e crescer de uma forma gradual, talvez não rápida, mas de forma consistente.

Como foi a inserção da Tecnisa nas redes sociais? Quais dicas você dá para empresas que querem investir nesta área?

Para nós, a questão das redes sociais surgiu de uma forma absolutamente orgânica. Começamos em 2006 com um blog, depois fomos a primeira empresa a entrar no YouTube. Naquela época, o Orkut era uma rede social muito forte e por isso nós fizemos vários trabalhos por lá, mas tudo sempre foi feito de uma forma absolutamente orgânica.

A dica que eu dou é que o empreendedor deve estar sempre estudando. Não necessariamente estudando de uma maneira formal, indo para a faculdade ou fazendo um curso de MBA. Mas ele precisa dedicar uma parte do tempo dele para leitura e pesquisa.

Se você não gostar da leitura é recomendável que você participe de eventos, congressos e seminários e tenha uma boa rede de relacionamentos para que você sempre possa tirar dúvidas e inquietações em relação ao seu negócio.

Quais são as tendências do mercado digital para os próximos anos?

Difícil analisar os próximos anos. Mas tem pontos que estão acontecendo muito no presente. Aplicativos continuam muito fortes, assim como redes sociais.

Games também estão crescendo muito, cloud cada vez mais forte. Isso tudo já está presente, não é nada que vai revolucionar. Mas se você conseguir estar presente nessas quatro vertentes, para o seu negocio já é um grande avanço.

É preciso pensar nos leads vindos pelo mobile. Hoje, por exemplo, na Tecnisa quase 30% das visitas feitas diariamente são originadas por algum tablet ou smartphone, que é uma coisa que cresceu muito nos últimos três anos.

Antes disso, o acesso feito pelos smartphones era de apenas 10%, o que mostra que apenas neste período nós aumentamos quase 200% a participação desses devices na visitação ao site. É algo que cresceu muito e que vai crescer mais.

Nós prevemos que nos próximos dois ou três anos mais de 50% das visitas ao nosso site serão originadas por mobile. Então é um item para se estar muito atento.

 

Gostou da entrevista? Quem mais você gostaria de ver por aqui na Academia UOL Host? Mande sua sugestão para nós!