LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

3 maneiras simples de abastecer seu estoque - escolha a sua!

Colocar uma loja virtual no ar não é coisa de outro mundo – principalmente se você conta com um sistema simples e confiável, como o do UOL HOST. Em poucos cliques seu e-commerce já está funcionando.

Mas por trás das prateleiras virtuais é necessário ter uma estrutura física eficiente para que a experiência do cliente seja completa e satisfatória.

E uma das lições de casa que todo vendedor online tem que fazer é ter um estoque bem abastecido.

Há várias maneiras de fazer isso. Você pode produzir seus próprios produtos, encontrar um fabricante que será seu fornecedor ou ainda trabalhar com estoque compartilhado. Leia mais sobre cada uma dessas modalidades:

Faça você mesmo

Essa é uma opção muito prática para quem quer e gosta de trabalhar, por exemplo, com joias, vestuário, segmentos artesanais e produtos de beleza naturais. Os principais custos que precisam ser levados em consideração é o valor de matérias-primas, armazenamento e tempo de mão de obra.

Ideal para quem tem ideias originais e não abre mão de deixar o produto com qualidade e um toque de personalidade. Além disso, essa forma permite ter total controle sobre a qualidade da produção.

Principais benefícios:

Controle de marca – Ao fazer seus próprios itens, você sabe qual garantia e qualidade é possível oferecer ao cliente, pois não há terceiros envolvidos no processo. O trabalho manual ainda te dá a liberdade de produzir as mercadorias com a cara da sua marca.

Agilidade – com o controle de produção em suas mãos, o processo se torna mais ágil e preciso, pois você sabe qual será o prazo para finalizar o processo.

Desvantagem:

Escalabilidade – Quando a demanda de vendas da sua loja virtual decolar, você precisará investir para ampliar também a estrutura produtiva.

Compre e revenda

Se produzir seus próprios produtos não se enquadra no seu perfil, outra opção é encontrar bons fornecedores e revender os produtos deles.

Para tanto, cote diferentes fabricantes, inclusive de outros países. Dependendo do seu segmento de atuação, revender produtos da China, Taiwan ou Índia, por exemplo, pode ser vantajoso.

Principais benefícios:

Melhores preços – comprar em atacado deixará o valor pago por unidade mais barato. Com isso você pode pensar em uma margem de lucro maior.

Zero investimento em produção – se você não tem um espaço ou acha que investir em produção própria pode trazer muita dor de cabeça, ao comprar os produtos prontos, você se isenta desses itens.

Desvantagem:

Pouco controle  – quando a produção não é feita sob seu olhar, você perde o controle total da qualidade das mercadorias, por isso vale investir em fornecedores de confiança.

Representação comercial

Nessa opção, sua loja cuida apenas da venda e você recebe uma comissão por cada pedido feito. É o sistema que muitas marcas de cosméticos, por exemplo, adotam para levar seus produtos ao mercado.

Dependendo do parceiro escolhido, é possível até mesmo usar o sistema de drop shipping (Qual o tipo de estoque ideal para sua loja virtual?) e se isentar de toda logística de entrega, deixando por conta deles. Você só vai repassar o pedido e eles mesmo irão cuidar para que o produto chegue na casa do consumidor.

Principais benefícios:

Baixo capital imobilizado – ao não precisar estocar produtos você não correrá o risca de ficar com mercadorias paradas em seu estoque.

Venda dinâmica – seu parceira será responsável por todo o processo de produção até o envio para o cliente, além disso você poderá vender grande quantidade de itens sem precisar ter um espaço grande para guardá-los.

Desvantagem:

Margens baixas – umas das principais desvantagens dessa opção são as margens de lucro mais baixas.

E então, qual desses método se encaixa melhor para sua loja virtual? Compartilhe com a gente!