LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

15 perguntas que você deve se fazer antes de criar uma loja virtual

Tornar-se seu próprio patrão é o sonho de muita gente, e abrir uma loja virtual é um ótimo caminho para fazer isso, muito mais fácil e barato que abrir um comércio tradicional, com seus custos de local, necessidade de um bom ponto etc.

Mas também são muitos os casos de pessoas que acabam se desiludindo com a empreitada quando ela está ainda no começo, e a principal razão disso é a falta de planejamento. Antes de executar seu sonho de criar uma loja virtual, você precisa ter claro o que quer fazer e aonde quer chegar.

Elaboramos algumas perguntas que você deve fazer a si mesmo antes de mergulhar de vez nesta empreitada.

1. Em que segmento vou atuar?

Venda de livros? Artigos esportivos? Móveis? Eletrônicos? Tenha clareza de qual será sua área de atuação, o que você vai vender em sua loja.

Dessa forma, saberá quem e quantos serão seus concorrentes e qual será seu público.

2. Como vou me diferenciar da concorrência?

Se você optou por entrar em um segmento que já conta com um alto número de players no mercado, como fará para ser notado?

Promoções? Preço? Frete gratuito? Parceria com fornecedores? Busque maneiras de fazer coisas que seus concorrentes não fazem.

3. Quem serão meus fornecedores?

Essa pergunta é crucial e se aplica não apenas aos fornecedores dos produtos que você venderá na sua loja. Que serviço de e-mail marketing você vai usar, por exemplo?

São perguntas simples cujas respostas você precisa ter na ponta da língua quando decidir se tornar um varejista virtual.

4. Como começar a construir minha loja?

Para começar a colocar sua loja virtual “em pé” você precisa primeiro definir algumas coisas. Por exemplo, onde seu site ficará hospedado? Quem será o seu provedor?

Até mesmo a ideia mais genial pode naufragar se você não tiver um provedor e serviços de hospedagem seguros e confiáveis.

5. Como será o visual da minha loja?

O mundo virtual assemelha-se ao real em uma série de coisas. Essa é mais uma delas. Uma loja bem arrumada, bem decorada e bem organizada chama a atenção da clientela. Um site bem bolado tem exatamente o mesmo efeito.

Um bom layout para o seu site e um visual condizente com sua proposta de negócio podem ser atrativos para que mais pessoas visitem sua loja, aumentando a chance de conquistar mais clientes.

6. Como descrever os produtos?

Uma boa foto e uma descrição com as palavras certas têm o poder de fazer o cliente tomar a decisão final de adquirir determinado produto.

Existem palavras-chave que você precisa conhecer na hora de elaborar a descrição de um produto à venda na sua loja.

7. Que sistema de pagamentos vou usar?

Usar diretamente o serviço de uma operadora de cartão de crédito pode não ser vantajoso para você. Essas empresas, geralmente, cobram um percentual significativo das suas vendas e podem não se encaixar nos objetivos de negócio.

Existem alternativas de pagamento online, como o PagSeguro, que garantem a aceitação de uma grande quantidade de bandeiras de cartão de crédito e de boleto e débito automático em todos os grandes bancos.

8. Como determinar os custos de frete?

Você pretende entregar em todo o Brasil? Saiba qual será o custo disso. Defina a abrangência do seu negócio. Saiba quais são os prazos envolvidos.

Por outro lado, oferecer frete grátis pode ser um atrativo. Você fará isso para toda sua loja ou só para compras acima de determinado valor? O frete será grátis para todo o país ou só na área em que você está sediado?

Faça as contas e defina a melhor estratégia.

9. Como será o atendimento ao cliente?

Cliente satisfeito é aquele que volta, diz a velha máxima. Mais que isso, um atendimento ao cliente minimamente eficiente tornou-se obrigatório, por lei, com as novas regras do comércio eletrônico que começaram a vigorar neste ano.

Pela regra, você tem de responder às solicitações em até cinco dias. Vale a pena reduzir este prazo para garantir uma margem de segurança e estreitar o relacionamento com o cliente? Como fazer isso? Quais os custos? Busque respostas para essas perguntas.

10. Como vou entregar os produtos?

A maioria das lojas online faz suas entregas pelos Correios, e isso faz todo o sentido, porque a estatal tem abrangência nacional e conta com serviços que costumam atender bem às necessidades de quem vende pela internet.

Mas fique atento aos prazos e a eventuais restrições sobre distância e prazo que podem existir. Nesse caso, você pode ter de recorrer a transportadoras ou a empresas de logística. Saiba os prazos de entrega e os custos envolvidos.

11. Como lidar com devoluções?

Eis aqui uma má notícia. Devoluções acontecem. E, pelas novas regras do comércio eletrônico que passaram a vigorar neste ano, é sua obrigação lidar com elas.

O cliente tem sete dias para se arrepender da compra sem nenhuma justificativa, e cabe a você receber o produto de volta e estornar o pagamento. Não tem choro nem vela. Esteja preparado para lidar com essa situação.

12. Como atrair clientes?

Propaganda? Por quais meios? Se você é um pequeno empreendedor, certamente não poderá arcar com altos custos de anúncios em jornais em revistas. Boca a boca? Pode ser uma alternativa.

Você pode, também, ter uma estratégia eficaz de e-mail marketing que atraia visitantes para seu site e, consequentemente, clientes para sua loja. Saiba defini-la e usá-la para maximizar suas vendas.

13. Vou usar as redes sociais? Como?

Colocar sua loja em redes sociais, como Twitter e Facebook, pode ser um caminho rápido e barato para torná-la conhecida e aumentar suas vendas.

Interagir com os usuários desses serviços pode criar vínculos entre eles e o seu negócio. Por outro lado, demanda tempo que você pode não ter disponível ou prefere dedicar a outro setor do seu empreendimento.

Coloque na balança os prós e os contras e tome a decisão que se encaixa melhor em seus objetivos.

14. Tenho capital suficiente para esperar o negócio começar a dar lucro?

Não se iluda. Uma loja virtual, assim como qualquer outro negócio, demanda investimentos e dedicação. E os lucros não são imediatos. Há um período de maturação.

Você tem um colchão de segurança que lhe permite estabilidade financeira até começar a colher os frutos do seu esforço?

Quanto tempo será necessário até que o negócio comece a dar certo? Saiba as respostas para essas perguntas para evitar que o sonho do negócio próprio se transforme em um mar de dívidas sem fim.

15. Como medir o sucesso da sua loja?

Existem ferramentas que podem ajudá-lo a saber quantas pessoas visitaram o seu site, que sites que as levou até lá, onde essas pessoas vivem.

São métricas simples que vão ajudá-lo a medir, no decorrer do tempo, quão bem seu negócio anda.

Também é importante ter uma contabilidade em dia, saber qual o lucro ou prejuízo que sua loja está lhe trazendo e quais são as receitas, para que você possa maximizá-las; e as despesas, para que você busque maneiras de reduzi-las de forma inteligente.

Convencido de que você está pronto para mergulhar neste universo? Então seja bem-vindo e conheça todas as vantagens que a plataforma Loja VirtUOL oferece para o seu negócio!