LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Como tirar férias sem que seu negócio pare

Nossa sociedade tende a reconhecer como brilhantes as pessoas que nunca se desligam de seu trabalho e que chegam até a se distanciar da família por isso.

Claro que Confúcio tinha razão ao recomendar que os homens escolhessem como trabalho algo que amassem de fato.

Mas, não tenha dúvida: se você está cansado, sem criatividade ou até um pouco estressado, isso é sinal de que está exagerando na dose e pode estar comprometendo o ritmo de crescimento do seu negócio por não saber a hora de parar.

O fato é que todo mundo que trabalha duro não só merece uma pausa como precisa dela para seguir emocionalmente e fisicamente disposto.

Então, saiba como se planejar para conseguir momentos de balanço na rede debaixo de uma sombra sem ficar preocupado ou se culpando por isso.

1) Reconheça o momento certo

Ser empreendedor pode até parecer moleza, mas você sabe que não é bem assim. Por outro lado, uma das melhores coisas de ser dono é poder programar férias sem esperar a autorização de ninguém e, por isso mesmo, é importante ter critério na hora de fazer os planos.

Deixar a loja na véspera de datas como o Dia das Mães, Dia das Crianças ou Natal é pedir para ser incomodado, seja por e-mail ou celular. Monitore os momentos em que há menos vendas durante o ano e escolha um desses períodos mais amenos para relaxar. 

2) Avise com antecedência

Poucas coisas são piores, para um cliente ou fornecedor, do que descobrir que a empresa repentinamente “está em férias”. Avisar com antecedência sobre sua ausência (o quanto antes, melhor, mas pelo menos com algumas semanas), seja por e-mail ou um recado no site indicando o dia de retorno e deixando outro canal de atendimento para emergências demonstra respeito pelos outros.

A loja virtual de tintas automotivas Turbo Tintas saiu de férias, mas não se esqueceu de avisar seus clientes. Ela, inclusive, lembra no aviso as datas que as entregas serão retomadas.

3) Prepare o substituto

Para os afortunados que podem contar com alguém para ficar no seu lugar nos momentos de folga, o mais importante é planejar e treinar o colaborador para evitar que aconteçam erros.

Nada de avisá-lo de última hora sobre sua saída! Nem todos têm o modo de organização ou o raciocínio iguais ao seu, portanto, quanto mais simples e diretos forem os lembretes que você deixar, melhor.

Além disso, peça ao seu substituto para acompanhá-lo nos seus afazeres por um ou dois dias. Isso vai deixá-lo mais seguro ao assumir o posto temporariamente.

4) Crie processos

Famoso pelo “jeitinho” para resolver qualquer problema, o empreendedor brasileiro, muitas vezes, tem dificuldade em estabelecer regras e processos para que o negócio possa funcionar sem a presença dele.

É comum erros acontecerem simplesmente porque alguém, diante de um problema para o qual não existe uma resposta pensada previamente, cria uma solução própria, mas ela não é necessariamente a melhor.

Deixe claro como as coisas funcionam. Isso não vai só tornar o dia a dia da sua loja mais eficiente, mas também vai evitar acidentes de percurso quando você não estiver por perto.

5) Relaxe

A sabedoria popular dos pescadores diz que o dono do barco nunca tem controle de tudo: é preciso deixar que o mar faça a parte dele também. Adote esta filosofia e entenda que é seu papel planejar e que, a despeito disso, é importante reconhecer que a empresa funcionará mesmo sem você, e que há surpresas inevitáveis que não têm hora para acontecer.

Dicas anotadas? Então coloque-as em prática e bom descanso! Recarregue as pilhas e prepare-se para voltar muito mais produtivo.