LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Conheça as 4 tecnologias que revolucionaram o mundo dos negócios

O surgimento de novas tecnologias fez com que o cenário dos negócios mudasse rapidamente, assumindo características muito diferentes das que tinha há apenas alguns anos. E isso pode – e vai – continuar acontecendo.

Apesar das mudanças que podem chegar, é preciso reconhecer que certos processos e ferramentas tiveram um impacto enorme na maneira pela qual os negócios são gerenciados. E esses devem se manter firmes e fortes no futuro.

Por isso, se você ainda não investe neles para manter seu negócio funcionando, está mais do que na hora de começar! Confira uma lista com quatro tecnologias indispensáveis para fazer com que sua empresa seja um sucesso hoje, amanhã e depois, e depois e depois...

1. Cloud computing

A computação em nuvem revolucionou a forma de utilizar aplicativos e recursos de processamento de dados. Se antes um empresário precisava ter um software instalado em máquina para poder, por exemplo, fazer a gestão da equipe, hoje ele pode simplesmente acessar esse programa via internet do lugar onde estiver.

O mesmo vale para recursos de hardware, como armazenamento e processamento. Os grandes data centers, que necessitam de infraestrutura grande e custosa, podem ser facilmente substituídos por planos de serviço em nuvem, o Cloud Computing.

Assim, pequenas empresas passam  a ter acesso às mesmas tecnologias que as grandes, além de muito mais flexibilidade para ampliar seu negócio, já que só pagam pelos serviços que utilizam e ainda podem aumentar ou diminuir o volume de recursos contratados conforme sua necessidade.

A mesma lógica de escalabilidade e economia vale para softwares. Aplicativos podem ser contratados no modelo de assinatura e pagos pelo número de usuários ativos, horas utilizadas ou qualquer outra unidade de medida. Além de pagar apenas pelo uso, a empresa não precisa se preocupar com instalações e atualizações. É só abrir o navegador e acessar o aplicativo de qualquer dispositivo ou lugar.

Veja neste vídeo como sua empresa pode aproveitar as vantagens do Cloud Computing: 

2. Mobile

Dados da IDC Brasil mostram que foram vendidos 28,4 milhões de dispositivos móveis, entre smartphones e tablets, só no primeiro semestre de 2014. Já temos mais de um celular por habitante no país, de acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Na prática, isso significa que seus clientes estão conectados a todo o momento e que, por isso, você deve construir o site da sua empresa pensando em todas as telas.

Nesse sentido, empresas do comércio eletrônico devem estar ainda mais preparadas, pois, além do acesso, elas precisam permitir que compras sejam feitas via dispositivos móveis. Dados da consultoria e-bit mostram que no intervalo entre 2013 e 2014, as transações realizadas no e-commerce por smartphones e tablets cresceram 84%.

3. Análise de dados

Cada vez mais, as pequenas empresas se baseiam em dados analíticos para tomar decisões. Já existem, inclusive, corretores de dados que estão vendendo o poder da informação.

E não é preciso ir tão longe. Uma ferramenta gratuita e poderosa para trazer insights a uma empresa e nortear estratégias é o Google Analytics. Com ela, é possível extrair dados detalhados e preciosos das visitas a um site, como a origem do tráfego, as páginas mais visualizadas e a taxa de rejeição.

Com esses dados em mãos, é possível ter ideia de que assunto traz mais visitantes ao seu site, por exemplo, ou então as páginas que mais “espantam” os acessos. Desse modo, você será capaz de tomar decisões conscientes e mais precisas.

No canal oficial do Google Analytics no YouTube (em inglês) você encontra vídeos com dicas e tutoriais para explorar melhor a ferramenta e aprimorar os resultados.

4. Mídias sociais

Você pode falar o que quiser sobre elas, mas é impossível negar que as mídias sociais mudaram, de maneira irreversível, a maneira pela qual um negócio se relaciona com seus clientes. Agora não é mais necessário sair de porta em porta nem fazer mil ligações para encontrar potenciais consumidores. Com a ajuda das redes sociais, você pode encontrá-los à distância de um clique e ainda descobrir sobre o que estão falando e quais são seus interesses. E o melhor: tudo isso em tempo real.

Contudo, fazer esse processo funcionar exige estratégia e investimento. De acordo com o relatório State of Marketing 2015, 84% dos entrevistados pretendem aumentar ou manter seus orçamentos em marketing para este ano, focando especificamente em social e mobile marketing com o objetivo de aumentar o engajamento do consumidor com a marca.

Com a popularidade e facilidade que esses canais apresentam, existe um imenso potencial para criar relacionamentos verdadeiros com consumidores, que serão os “advogados da marca”. Por lá, eles ajudam você a construir a comunidade do seu negócio e reforçar sua credibilidade.