LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Expectativa x realidade: situações que mostram que empreender não é só alegria

Então você tomou uma das decisões mais importantes da sua vida: empreender. Agora sua vida vai ser uma maravilha. Você não vai mais depender da instabilidade de trabalhar para outra pessoa e vai poder fazer tudo como sempre sonhou.

Bem, quem já empreendeu sabe que não é bem assim que a coisa funciona. Por isso separamos uma série de situações que muitos empreendedores imaginaram de um jeito, e que a realidade mostrou que não são!

Ser dono do próprio negócio é, sim, muito bom, mas é preciso estar alinhado com a realidade desse cenário para não se frustrar no meio do caminho. Dê uma olhada no que você vai encontrar pela frente:

1 − Hora do almoço, que hora mais feliz...

Expectativa: Almoços de negócios requintadíssimos com clientes, todos os dias. E passar duas ou três horas agradabilíssimas.

Realidade: Acabar quase sempre comendo um lanche na frente do computador, porque tempo é dinheiro, meu caro!

2 − O céu é o limite! Bem...

Expectativa: Expandir seus negócios, criar uma rede de franqueados e faturar milhões. Tudo isso no primeiro ano de vida da empresa.

Realidade: Passar apertado no primeiro ano, com o dinheiro contado para pagar as despesas das lojas. E dê graças a Deus por não ter fechado o mês no vermelho!

3 − Temos nosso próprio tempo!

Expectativa: Fazer seu próprio horário, trabalhar quando e onde você achar que deve. Acordar cedo nunca mais!

Realidade: Ser o primeiro a chegar e o último a sair do escritório. E, muitas vezes, trocar sua cama pelo sofá do escritório.

4 − Oba, férias!

Expectativa: Usar seu tempo livre para viajar e se divertir à beça! Tipo ir à praia na segunda-feira à tarde.

Realidade: Viajar uma vez por ano, com os dias contados, e aproveitar o passeio para fazer contatos comerciais.

5 − Elegância em primeiro lugar. Nem sempre!

Expectativa: Sair todo cheio de estilo para trabalhar, “se achando” no seu terno e gravata ou no seu terninho e salto alto, atraindo olhares e admiração.

Realidade: Deparar-se, vez ou outra, com olheiras em razão de noites mal dormidas e não conseguir espaço na sua agenda para a manicure ou o barbeiro.

Mesmo com essa realidade não tão linda quanto a dos sonhos, investir no seu próprio negócio continua valendo a pena! Afinal, você vai sacrificar noites de sono, almoços demorados e viagens de férias para ser dono da sua própria empresa. Quando começar a colher os frutos dessa empreitada, você verá que valeu cada gota de suor!