LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Como ter boas ideias para empreender

Por Cynthia Serva

Ao se empreender, talvez a pergunta do milhão seja “O que fazer para ter uma boa ideia?”.

Antes de tentar respondê-la, deixe-me contar duas histórias.

Lembro-me de uma empreendedora que, em razão das necessidades especiais de sua filha, alérgica a produtos cosméticos infantis disponíveis no mercado, criou uma linha de produtos cosméticos hipoalergênicos.Apesar de já existirem produtos do tipo, a grande maioria era importada e o preço, nada acessível.

Outro exemplo que me marcou foi o de um empreendedor que pagou o dobro do valor para estacionar porque não tinha a informação de estacionamentos disponíveis, com seus devidos valores, no momento em que precisava estacionar seu carro, e não dispunha de tempo para buscar outros estabelecimentos mais baratos. A situação vivida por ele foi responsável pelo insight que teve a seguir, e tempos depois surgiu a ideia de desenvolver um aplicativo de busca por estacionamentos.

Histórias como essas existem centenas, talvez milhares, em todo o mundo! Ao perguntarmos a empreendedores como se deu o processo da geração de ideia de negócio, a grande maioria cita que seu momento de inspiração surgiu basicamente da observação de uma necessidade não atendida (ou muito mal atendida!) ou da sua capacidade de enxergar algo absolutamente novo!

Dito isso, deixo a primeira dica: conheça as histórias dos empreendedores que você admira. Saiba como começaram, como tiveram seus insights, como perceberam suas respectivas oportunidades de negócio. É sempre muito inspirador, além, é claro, de nos ajudar a ficar mais atentos ao que nos rodeia, por mais simples que isso possa parecer.

Outra dica é ficar atento à sua rotina e à rotina das pessoas que te rodeiam. Tente identificar quais são as maiores dificuldades enfrentadas no dia a dia. Desde as mais simples até as mais complexas. Uma oportunidade pode ser percebida ao observar necessidades não atendidas, como foi o caso dos exemplos citados acima.

E não se esqueça também, claro, de realizar um profundo olhar para você mesmo. Tente enxergar possíveis oportunidades de negócio de acordo com suas habilidades, competências e preferências pessoais.

Portanto, a inspiração que você está buscando para ter aquela superideia para empreender pode estar te rodeando todos os dias, nas tarefas ou situações mais triviais, mais rotineiras do dia a dia.

Isso significa que o mais importante para se ter uma grande ideia é desenvolver sua capacidade de perceber e conseguir enxergar muito além do que vê!