LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

8 dicas para que o home office não atrapalhe sua produtividade

Trabalhar em casa pode ser improdutivo para quem não sabe se organizar

Trabalhar sem sair de casa, trocar o escritório por um “cantinho” em casa, especialmente reformado e decorado para abrigá-lo durante as horas que passa trabalhando em frente ao computador.

O famoso home office já é realidade para cerca de 30 milhões de brasileiros, de acordo com o IBGE. E este número não representa apenas trabalhadores autônomos: de acordo com pesquisa da SAP Consultoria, 36% das empresas nacionais adotam o home office como método.

Mas, enquanto para alguns esse parece o cenário ideal para os dias atuais, outros ainda não conseguem se adaptar a esse modelo. “Essas pessoas acreditam que seus rendimentos são prejudicados ao trabalharem em casa”, conta Marina Sell Brik, especialista em home office, autora do site Go Home e de quatro livros sobre o assunto.

E eles, em parte, têm razão, já que o maior desafio do home office são as distrações. No entanto, uma vez que você saiba como lidar com elas, fica tudo mais fácil e o rendimento pode ser ainda melhor que aquele obtido nos espaços tradicionais de trabalho.

“Muitas pessoas contam que se tornaram melhores profissionais após começarem a trabalhar de casa, pois aprenderam a gerenciar seu próprio tempo, realizando o trabalho com mais produtividade”,completa a especialista.

De fato, a ideia de que o home office pode influenciar positivamente nos resultados do trabalho é compartilhada por muitos. Um levantamento da empresa de recrutamento norte-americana Monster apurou que 51% dos seus entrevistados aumentaram o rendimento trabalhando em casa.

Do outro lado, não é diferente. Muitos empregadores ainda têm receio de adotar o sistema, por acharem que o desempenho de seus funcionários possa diminuir. Nesse sentido, é importante que as empresas fiquem atentas a algumas técnicas e dicas de produtividade para que possam orientar os trabalhadores em como devem proceder em suas rotinas de trabalho. Temos alguns textos na Academia, que podem ajudar nessa missão:

Agora, confira algumas dicas da especialista para que as distrações do seu lar não atrapalhe o home office:

1. Defina horários e estabeleça uma rotina

Uma das vantagens de trabalhar em casa é fazer seu próprio horário. Mas é importante planejar e seguir uma rotina para não perder o rumo e conseguir cumprir suas metas.

“A partir do momento em que você tem um horário para acordar, trabalhar, fazer as refeições e as pausas, consegue aproveitar muito melhor o seu tempo, tanto o pessoal quanto o profissional”,aconselha Marina.

2. Aposte na técnica do bloco de trabalho focado

O bloco de trabalho focado pode ser um aliado interessante para não perder a produtividade. Marina ensina que a técnica consiste em determinar uma ou duas horas inteiras para dedicar-se exclusivamente ao trabalho.

“Para isso, deixe o celular mudo e longe da sua mesa; desligue o e-mail e as redes sociais;e deixe o telefone fixo na secretária eletrônica. Avise às demais pessoas que estiverem na casa que só podem te interromper em caso de emergência”, explica a consultora.

Ao incluir vários desses blocos no seu dia, você vai ver como o dia de trabalho rende muito mais.

3. Destine um dia especial para as atividades fora de casa

Mesmo em home office, você precisará sair para realizar algumas atividades relacionadas, ou não, ao seu trabalho. Para otimizar seu tempo, uma boa alternativa é planejar um dia específico na semana para concentrar esses compromissos.

“Assim, você evita perder tempo e já aproveita uma só saída para resolver tudo. Ainda tem a vantagem de fazer essas atividades muito mais rapidamente, evitando as horas de maior movimento nos locais públicos”, aconselha Marina.

4. Faça um planejamento para conciliar trabalho e atividades domésticas

“Organização é a palavra de ordem”, alerta Marina. “Você pode acordar meia hora mais cedo e dar uma arrumada geral na casa”, completa.

Aproveite para arrumar a cama, colocar a roupa na máquina e lavar a louça. Depois, no seu outro intervalo, faça mais um pouquinho. E assim vai…

Com seus horários de trabalho já definidos, fica fácil inserir na rotina as atividades domésticas. A especialista aponta que organizar um planejamento semanal com o que precisa ser feito ajuda a otimizar o tempo − tanto para quem mora sozinho quanto para quem tem com quem dividir as responsabilidades da casa.

5. Defina um local específico para trabalhar

Ter um local exclusivo para trabalhar pode colaborar muito para a sua produtividade. Quando for trabalhar em home office, procure selecionar um cantinho na casa que seja silencioso e confortável para desenvolver suas atividades.

“Este lugar não precisa ser muito grande, mas é importante que você se acostume a sentar ali para trabalhar. Assim, os demais moradores da casa também saberão que quando você está ali é para trabalhar, e que não podem mexer no seu espaço”, ressalta Marina.

6. Prepare o ambiente

Além de selecionar um local específico, é importante que esse ambiente seja adequado ao que você precisa. Afinal, de nada adianta montar um belo escritório, se você não consegue se concentrar nele.

Tenha todos os materiais que mais usa à mão para não ficar se levantando a toda hora e acabar se dispersando. Deixe, inclusive, uma jarra de água e um copo por perto.

“É interessante ter seus objetos preferidos por perto, assim como fotos e toy arts. Deixe seu escritório com a sua cara, mas evite muitos elementos que possam desviar sua atenção”, aconselha Marina.

Investir em fones de ouvido, principalmente em aparelhos com anuladores de ruídos, também é uma boa alternativa. Segundo a especialista, os fones ajudam na concentração e ainda podem indicar às outras pessoas que você está trabalhando.

7. Participe de eventos e coworkings

Para algumas pessoas, ficar isoladas no home office pode acabar se tornando um empecilho para o fluxo de trabalho. Para driblar esse aspecto e ter contato direto com outros profissionais, a dica é participar de eventos e espaços de coworking.

“Selecione palestras, cafés da manhã e outros eventos da sua área para participar e interagir com outros profissionais. Além de se atualizar, é uma ótima forma de fazer networking”, lembra a especialista.

8. Explique seu trabalho para as outras pessoas da casa

Se você não mora sozinho, as outras pessoas da casa podem acabar sendo um problema para a sua concentração. Com você sempre por perto, os outros moradores podem sentir que você está sempre disponível, e esclarecer suas condições de trabalho é importante para conseguir a cooperação de que precisa.

“Peça a colaboração de todos da casa para poder se concentrar. Explique que é um trabalho como outro qualquer,e que eles devem considerar que você não está ali, que é como se estivesse no escritório”, orienta Marina.

Trabalhar em home office pode ser um ponto muito positivo para sua carreira profissional. Manter o foco e a disciplina não é tão difícil quanto pode parecer: basta se organizar para se desviar das distrações e preservar o fluxo de produção.