LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Conheça os 5 pilares do DNA de um empreendedor

Mário Sérgio Kojima

Será que empreender está no seu DNA? Descubra!

Há diversos estudos sobre perfis de empreendedor. Em nossos trabalhos com empreendedores pudemos sintetizar as características em cinco pilares, que denominamos de DNA do Empreendedor. São eles: comprometimento, inovação, proatividade, tomada de decisão e relacionamento.

O mais importante, entretanto, não é a classificação em si, pois poderíamos ter alterado proatividade para compromisso, ou perseverança por disciplina. O que realmente importa é discutir o que você pode fazer com seu DNA para melhorar seus negócios imediatamente.

Infelizmente, ou felizmente, nascemos e lapidamos nossos “dons” e não temos condições de ser os melhores em tudo. Apesar de isso ser um senso comum, surpreendentemente, constatamos empreendedores que ainda querem ou acham que podem ser tudo – e com isso prejudicam suas empresas. Assim, vocês devem estar se perguntando: O que eu faço para saber o meu DNA?

Listamos abaixo alguns passos para que vocês consigam fazer um diálogo consigo mesmos. É estatisticamente improvável que você se destaque em todos os cinco itens do DNA. Por exemplo: você é excelente em relacionamento, mas peca em inovação. Seu sócio é hipercriativo, mas falta-lhe autoconfiança.

1. Selecione sua comparação

Escolha um empreendedor de sucesso – se for competidor, melhor ainda − com quem você quer se comparar. Não adianta se comparar com Steve Jobs, Mandela, Gandhi. Este é um exercício de realidade.

2. Faça seu autodiagnóstico relativo

Leia atentamente as cinco dimensões do DNA do Empreendedor (vide abaixo) e faça sempre a mesma pergunta: nesta característica, estou igual, abaixo ou acima do empreendedor que escolhi no item 1? Se a sua escolha foi bem-feita, você terá algumas dimensões acima e algumas abaixo. Se não tiver isso, volte à etapa 1 e escolha outro empreendedor mais perto de sua realidade competitiva.

3. Obtenha vitórias rápidas

A ação imediata que você pode fazer amanhã é convidar um amigo de confiança – que tenha alta uma das dimensões que você se avaliou como abaixo do comparativo – para ajudá-lo a analisar a relação entre seus problemas atuais e sua dimensão baixa. Exemplo clássico: você tem baixo nível de relacionamento e, por isso, está perdendo oportunidades de vendas. Seu amigo conseguirá criar um plano de ação rapidamente, algo que você demoraria meses para fazer.

4. Pegue competências emprestadas

Antes mesmo de tentar se desenvolver, tenha a humildade de pegar emprestadas habilidades de outras pessoas – inclusive dos seus funcionários. Exemplo clássico: empreendedor de relacionamento que “não sabe fazer conta”, mas que não pega emprestado esse talento de um funcionário analítico, que, por isso, se sente desmotivado no trabalho.

5. Desenvolva uma dimensão por vez

Não tente desenvolver duas ou três dimensões do DNA simultaneamente. O que acabará ocorrendo é você saber superficialmente todas elas. Concentre seu foco em um comportamento por vez.

DNA DO EMPREENDEDOR

⇒ 1. COMPROMETIMENTO

Autoconfiança. Sente-se seguro em relação aos seus propósitos, ao seu projeto. Mesmo tendo muitas opiniões contrárias, age com firmeza e determinação na busca de seu objetivo.

Automotivação. Não necessita do “empurrão” de outros para se animar. Encontra forças em si mesmo, principalmente diante de um erro inicial.

⇒ 2. INOVAÇÃO   

Criatividade. É capaz de encontrar soluções viáveis para a solução de problemas ou oportunidade vislumbrada. Encontra novos caminhos onde outros só viram barreiras.

Flexibilidade. Revê suas posições e cede, quando necessário, ao colocar em prática uma ideia. Tem capacidade de criar protótipos e experimentos rápidos para testar suas ideias.

⇒ 3. PROATIVIDADE

Iniciativa. Age de maneira oportuna e adequada sobre a realidade, apresentando soluções, influenciando acontecimentos e se antecipando às situações.

Energia. Tem pique, muita energia até o projeto ou negócio poder caminhar sem necessidade de acompanhamento full time. Inspira a equipe de trabalho.

⇒ 4. TOMADA DE DECISÃO

Planejamento. Planeja e toma decisões ágeis, mesmo diante de cenários de incerteza e do desconhecido, sem cair em armadilhas psicológicas. Equilibra análise com insight.

Aprendizado. Aprende com seus próprios erros e com os erros dos outros. Sabe ouvir feedbacks e age imediatamente para superar fracassos do passado.

⇒ 5. RELACIONAMENTO

Persuasão. Comunica-se eficazmente e sabe vender sua ideia. Mantém uma rede de confiança extensa e consegue influenciar pessoas rumo a uma oportunidade de longo prazo.

Perseverança. Mantém-se firme e constante em seus propósitos, porém, sem perder a objetividade e a clareza diante das situações (sabe perceber seus limites).