LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

5 livros que todo empreendedor de alto impacto deveria ler

Bruno Perin

Uma seleção imperdível para quem é ligado ao mundo das startups

O empreendedorismo de alto impacto – as famosas startups – é um dos assuntos mais quentes e atrativos do mercado atualmente. A ideia de construir negócios que podem mudar a realidade das pessoas, resolvendo problemas da sociedade de uma maneira nova, tem sido a busca de vários profissionais e estudantes no mundo.

Apesar de diversos artigos atualmente na mídia, competições e muito interesse das pessoas, o tema ainda não possui tanta literatura como outros temas badalados. Possivelmente, pelo seu início e o dinamismo deste meio, e também pela dificuldade de os profissionais entenderem este universo.

Resolvemos aqui, então, passar cinco boas dicas de livros que podem ajudá-lo a abrir sua mente para o mundo das startups e suas diversas possibilidades. São eles:

A Revolução das Startups - Bruno Perin

Este é um livro-chave para você compreender este universo. Diferente de quase todos os outros livros, o foco desta obra é explicar como funciona este universo para você. Entender o que são, efetivamente, as startups, exemplos, por que elas são tão divertidas, por que têm atraído as pessoas, por que cidades apostam, cada vez mais, em atrair as startups, os investimentos, quais são suas técnicas que estão deixando o mundo dos negócios de ponta-cabeça. Tudo isso é apresentado do ponto de vista de uma revolução, em que esse pensamento do empreendedor de alto impacto causou uma das maiores mudanças já vistas. O livro parece uma conversa informal, tornando a leitura leve e divertida, é altamente indicado para quem está entrando ou querendo entender mais sobre o empreendedorismo de alto impacto.

Startup Lean – Eric Ries

É o mais famoso livro das startups. Eric é considerado o pai delas e escreveu esta obra obrigatória para as pessoas que querem começar uma startup. O conceito Lean, da startup enxuta, foi o que mais revolucionou o mundo dos negócios, e nessa obra Ries apresenta muito bem como começou a usar essa ideia e as melhores formas de implementar o seu uso em uma startup. Além da sua história e algumas outras, você consegue pegar nas entrelinhas muito de como funciona esse ambiente.

Business Model Generation – Alexander Osterwalder

É o segundo livro mais famoso das startups. Apesar de ele falar sobre como construir modelos de negócio, é também a base, atualmente, para os amantes do tema. Normalmente, todas as startups têm um Canvas – Modelo em que você aprende a construir com o livro. As primeiras 100 páginas do livro são fundamentais para você conseguir desenhar sua startup. É a maneira para tirar da mente a ideia e desenhá-la e, assim, conseguir definir por onde começar e no que focar. Diversos outros conceitos e técnicas que podem ser usados no empreendedorismo de alto impacto também são apresentados no livro, que tem no design seu grande diferencial.  

Startup: Manual do Empreendedor – Steve Blank e Bob Dorf

Também um dos maiores nomes sobre o tema, são cruciais as dicas sobre as falhas e os acertos de um grande número de startups. Este é o livro mais complexo, amplo e detalhado sobre fazer startups. Basicamente, todas as técnicas deste universo são exploradas com uma profundidade única. Este é um livro ótimo de ler após ter lido pelo menos um ou dois dos citados anteriormente, em razão de sua amplitude. O grande ponto mestre deste livro é seu detalhamento em pontos importantes, como a validação das ideias, que tende a ser um ponto crítico na hora de empreender.

A Startup de 100 dólares – Chris Guillebeau

Este acredito ser um dos livros mais divertidos para se ler de empreendedorismo. A história é muito interessante, sobre como pessoas transformaram hobbies e descobriram negócios no dia a dia. O foco, aqui, são negócios pequenos, que começaram com muito pouco e foram crescendo, alguns preferiram se manter pequenos. Uma leitura muito fácil e valiosa. Você vai aprender diversas dicas de como começar, lançar e até conseguir dar os primeiros passos nos negócios, assim como avaliar potenciais ideias.