LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Como escolher a fonte ideal para o seu site

A tipografia conta muito para o sucesso de sua página

Arial, Helvetica ou Verdana? Qual será a fonte ideal para o seu site? Pode parecer bobagem, mas a escolha da tipografia está diretamente ligada à experiência que o usuário vai ter com sua página. Você mesmo já deve ter visitado sites que causaram algum tipo de incômodo na hora da leitura. Pode apostar que esse desconforto teve a ver com a escolha da fonte.

 Baixe e-book grátis: Como criar um site para sua empresa

Em primeiro lugar, se você não conhece muito bem esse universo das fontes, é importante saber que existem dois tipos de famílias bem conhecidas: Serif e Sans Serif. As pequenas marcas de decoração no fim das letras recebe o nome de serifas. Assim, as fontes da família Serif sempre levam essa marca e são muito comuns em materiais impressos. De modo geral, elas são tradicionais e elegantes, como as fontes Times New Roman e Georgia.

Por sua vez, as fontes da família Sans Serif não possuem essas marcas de decoração. Helvetica, Arial e Verdana são as mais conhecidas desse tipo de tipografia. Modernas e amigáveis, elas funcionam muito bem para páginas web e apresentam uma leitura agradável, inclusive em telas pequenas, como as de smartphones.

 Leia também: Esclareça suas dúvidas sobre design responsivo e invista já nele

Fontes compatíveis com negócios

É claro que o primeiro passo nesse sentido é usar fontes que sejam legíveis. Em um estudo, a empresa britânica Basekit apresentou uma relação de fontes legíveis para cada tipo de negócio. Veja, abaixo, algumas sugestões:

Arial: uma fonte contemporânea e humanista, ela é indicada para sites de empresas do mercado de casamento e de beleza.

Georgia: tem personalidade e é visualizada com grande nitidez na tela, recomenda-se usá-la em sites de varejo e casamentos.

Palatino: com estilo clássico italiano e mais comum, essa fonte é indicada para sites de beleza e carros.

Lucida Grande: fonte parecida com a do Facebook e com personalidade, ela pode ser usada em sites de varejo e carros. É uma das fonte “queridinhas” da Apple.

Verdana: com ótima visualização, recomenda-se usá-la em sites de construção, decoração e de restaurantes.

Helvetica: uma fonte bem tradicional e que todo mundo gosta, ela é recorrente em sites bem organizados e em portfólios.

Para sites institucionais, é recomendável que você use apenas dois tipos de fonte ou cores. Uma fonte, ou cor, básica para compor todos os conteúdos das páginas e uma mais marcante e forte para os títulos.

Se seu público é infantil, apostar nas fontes mais estilizadas e coloridas pode ser um bom caminho.

Já se o seu site é relacionado a temas artísticos e de entretenimento, você tem mais liberdade para usar de fontes diferentes e mais originais. Mas, lembre-se sempre que a experiência de usuário e leitura fluída devem ser prioridades na escolha.

Caso seja um projeto especial de marketing para um público muito específico, aí você pode ser mais ousado. Mas é melhor contar com o auxílio de algum especialista no assunto.

Antes de colocar o site no ar, faça testes com as fontes. Peça para amigos e colaboradores visualizarem para ter certeza de que a tipografia do seu site é amigável. Não se esqueça de realizar esse teste, também, em dispositivos móveis, para saber se a fonte é legível para todos os tamanhos de telas.

No Site Pronto do UOL HOST você tem à disposição centenas de tipos de fonte para escolher. Lá, é possível visualizar como elas ficam tanto para desktop quanto para mobile. Experimente!

 Baixe e-book grátis: Passo a passo para criar seu primeiro site no UOL HOST