LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Como delegar tarefas pode melhorar o desempenho do seu negócio

Transfira responsabilidades da maneira certa e consiga os melhores resultados da sua equipe

A maioria das empresas começa pequena. No início, o empreendedor está acostumado a fazer tudo, basicamente, sozinho: marketing, finanças, operacional, negociação com fornecedores, logística...

Só que, conforme o negócio prospera, o empreendedor percebe que não consegue mais fazer tudo ao mesmo tempo e decide contratar outros profissionais para ajudá-lo na tarefa de fazer sua empresa crescer.

Mas é nesse momento que muitos empreendedores se veem em um verdadeiro dilema. Não é fácil repassar deveres, responsabilidades e poder a outras pessoas, nem abrir mão de fazer certas tarefas, você mesmo, e deixá-las com outro profissional.

É muito natural se sentir dessa forma. Afinal, você criou sua empresa do zero, conhece muito bem seu negócio, já tem sua própria rotina e ninguém vai fazer algo como você faz – o que não significa que o outro vai fazer pior. Mas delegar tarefas a outros profissionais é essencial para que você possa focar sua atenção em assuntos mais importantes e traçar um caminho para que sua empresa continue crescendo.

Se você também sente dificuldade em trazer novos profissionais para dentro do seu negócio e dar atividades a eles, veja nossas dicas para delegar de forma mais eficiente em prol do desenvolvimento da sua marca.

>> Aproveite para ler, também, Minha loja cresceu e não dou mais conta do trabalho. E agora?

Entenda que delegar é preciso

O primeiro passo é entender que sua empresa deve funcionar independentemente de você estar ou não na operação. É óbvio que você também deve ter um papel a desempenhar nas decisões mais importantes, mas é preciso que os procedimentos mais básicos sejam executados mesmo que você não estiver na empresa.

No caso de um e-commerce, por exemplo, você deve pensar que, ainda que você fique doente ou esteja viajando, a empresa deve continuar tranquilamente com os processos de recebimento de pedidos, separação de estoque, emissão de nota fiscal, embalagem e entrega. E para isso precisa contar com as pessoas responsáveis por esses departamentos.

Além disso, é necessário entender que quando você delega responsabilidades e tarefas para outros profissionais está abrindo tempo na sua agenda para cuidar de assuntos ainda mais importantes, como a expansão do seu negócio.

Confie nos profissionais que você escolheu

Na hora de escolher as pessoas que vão trabalhar com você, selecionou as melhores, não é mesmo? Então é hora de dar um voto de confiança a esses profissionais e deixá-los fazer seu trabalho.

É claro que você vai monitorar e avaliar de perto o desempenho dos funcionários, sobretudo nos primeiros meses, mas é imprescindível que, depois de mostrar as tarefas que eles vão fazer, os deixe trabalhar tranquilamente, interferindo o mínimo possível. Determine um período para fazer uma reunião de avaliação e aí, sim, dê o seu feedback.

Conhecer bem sua equipe também é uma ótima forma de dar a cada um as tarefas e atribuições que mais se encaixam em suas qualidades profissionais e até mesmo em sua personalidade.

Pode ser que você tenha alguém com todas as características técnicas para ocupar um cargo de liderança, mas que não tem uma postura de líder e não consegue se comunicar tão bem com a equipe como outro profissional faz, por exemplo.

Ou seja, não basta só delegar, é preciso conhecer e confiar nos funcionários para saber que está delegando para as pessoas certas.

>> Está contratando? Confira aqui como montar um bom time para sua loja virtual

Seja claro

Além de delegar, é necessário fazer isso de uma forma eficiente para que a empresa continue dando certo. E a melhor forma de fazer isso é sendo totalmente franco com as pessoas que agora trabalham com você.

Seja claro nas suas instruções, diga exatamente o que e como você gostaria que o trabalho fosse feito, mas também dê espaço para que os profissionais possam esclarecer dúvidas e sugestões.

Não deixe, também, de ser bem específico com relação a comportamentos e resultados que você espera da equipe.

Muitas vezes o empreendedor acha que os funcionários vão pensar da mesma forma que ele ou que algo ficou subentendido no processo e descobre, depois, que isso não estava claro.

Esteja acessível

Muitas vezes, mesmo com dúvidas, um profissional pode deixar de consultar o superior por receio de represálias ou mesmo por não conseguir chegar até o chefe para conversar.

Por isso, é muito importante que você demonstre estar disponível para que a equipe se sinta confortável em falar com você.

Além disso, é só ouvindo o que sua equipe tem a dizer sobre o dia a dia do negócio que você poderá entender quais são as dificuldades para que eles realizem o trabalho e retirar obstáculos e burocracias que diminuem a produtividade.