LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Networking: como usá-lo a favor da sua empresa

Rede de contatos pode ser a chave para impulsionar o seu negócio

Conhece aquele ditado que diz que quem não é visto não é lembrado? Pois bem, ele cabe perfeitamente no mundo do empreendedorismo. Estar nos lugares certos, fazer contato com as pessoas e ter uma rede de amizades é crucial, principalmente nos primeiros anos de empresa.

Isso porque, normalmente, quem começa um novo negócio acaba fazendo um pouco de tudo, desde a criação de produtos até a prospecção de clientes. E é nesse momento que a figura da empresa e do empreendedor praticamente se confundem. Quem conhece a pessoa se lembra do negócio, e quem conhece o negócio, provavelmente, sabe quem é o seu dono.

E em um universo profissional cada vez mais competitivo, tornar-se conhecido no seu mercado e fazer contato com empreendedores e profissionais, que podem se tornar seus clientes ou fornecedores, é essencial.

E é exatamente essa rede de contatos e relacionamentos que está relacionada com negócios que chamamos de networking.

No entanto, não basta apenas se tornar um “arroz de festa” e passar a ir a todos os lugares possíveis apresentando sua empresa onde estiver. Um bom networking é estratégico e exige muito cuidado. Vejamos, a seguir, como usar essa tática de forma assertiva para impulsionar o seu negócio.

>> Conheça, também, os 5 pilares do DNA de um empreendedor

Vá aos lugares certos

A maioria dos networkings começa em algum ambiente que reúne pessoas com os mesmos propósitos e objetivos.

Pode ser um evento de empreendedorismo, uma feira do seu mercado, palestras sobre inovação, ou qualquer outro tipo de encontro em que seja possível conhecer novas pessoas que podem se tornar clientes, parceiros ou que tenham experiências para trocar.

O mais importante é que você pense sua presença de forma bem estratégica e seja capaz de avaliar em que tipo de evento vale a pena estar.

Escolha bons contatos, mesmo que eles não se tornem clientes

Muitos empreendedores só têm interesse em fazer networking com pessoas que imaginam que podem comprar com eles, mas isso é um erro.

Além de consumidores, você pode conhecer ótimos profissionais para trabalhar na sua empresa, mentores que vão ajudá-lo a fazer o negócio deslanchar, fornecedores ou contatos que vão indicar seu trabalho para sua própria rede e aumentar, ainda mais, o seu networking.

O mais importante no momento de começar um relacionamento não é esperar somente a venda como resultado final, mas sim buscar pessoas com as quais você possa ter algo para trocar, seja serviços, contatos ou mesmo experiência.

Esteja bem preparado sempre

Não adianta nada estar no lugar certo, com as pessoas certas e não estar bem preparado para interagir. Tenha sempre o cuidado de pensar em uma apresentação adequada para falar sobre si e sobre o seu negócio e ter respostas para as perguntas que mais escuta.

E, é claro, não deixe de ter cartões de visita, folders ou qualquer outro material que possa servir de informativo sobre o negócio e reunir os seus contatos. Não ter um cartão de visitas na hora de se apresentar pode colocar todo o seu esforço de relacionamento a perder!

>> Leia, também, 5 dicas para deixar seu site mais profissional

Seja a pessoa que fala, mas que também ouve

Networking não é monólogo! Lembre-se de falar sobre si e sua empresa, mas também de fazer perguntas para o outro e ouvir o que ele tem a dizer. É nessa troca de informações que um bom relacionamento começa!

Uma boa dica que também demonstra que você está realmente interessado no novo contato adquirido é dar uma boa olhada no cartão de visitas do outro e guardá-lo cuidadosamente. Isso transmite a ideia de que você valoriza esse momento de apresentação e está realmente inclinado a manter contato.

Alimente o relacionamento

Não basta só apertar as mãos, dizer seu nome e nunca mais dar notícias. Networking é relacionamento, e um bom relacionamento se constrói com tempo e esforço mútuo das duas partes.

Depois de conhecer alguém em um evento, ou por meio de um outro contato, e trocar cartões, não deixe que o relacionamento morra ali! Envie uma mensagem agradecendo pelo papo, marque um café ou convide para fazer uma visita à sua empresa.

O importante é manter contato de tempos em tempos e ir alimentando a relação para que os membros da sua rede de contato não se esqueçam de você nem se sintam abandonados.