LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Nuvem híbrida x privada x pública: qual é melhor para sua empresa

Entenda a diferença e escolha o melhor para o seu negócio

Ter sucesso no mercado é resultado, também, da adaptação à realidade e da busca de novas ferramentas que facilitem o processo de trabalho. Um desses recursos, que estão se tornando indispensáveis em qualquer empresa em crescimento, é o cloud computing ou computação em nuvem.

De acordo com levantamento da Microsoft, 62% das companhias que utilizam o serviço em nuvem apresentam uma melhoria significativa em relação à produtividade do setor de tecnologia.

Dentro desse universo, é necessário saber que existem três tipos de serviço de cloud computing disponíveis: nuvem pública, privada e híbrida. Com uma delas, você não precisa mais desembolsar uma boa quantia de dinheiro em um data center com estrutura complexa e cara para armazenar seus dados de forma segura. Tudo fica guardado na nuvem e pode ser acessado a partir de qualquer dispositivo.

Para conhecer as diferenças entre elas, continue acompanhando este texto e, de quebra, descubra qual é a mais compatível com sua empresa.

⇒ Leia também: SaaS x IaaS x PaaS: qual é o melhor modelo de cloud computing para suas necessidades?

Nuvem pública

Esse tipo de nuvem oferece um espaço público para hospedagem, proteção e manutenção de dados e infraestrutura. Mesmo compartilhando o mesmo ambiente com outros usuários, você não tem acesso e controle sobre as aplicações de terceiros.

Trata-se, portanto, de um serviço para atender à demanda de usuários individuais, pequenas e médias empresas, além de startups e desenvolvedores. De modo geral, a nuvem pública garante aos usuários elasticidade, economia e agilidade.

Isso significa, em parte, que as empresas que contratam servidores públicos conseguem receber um grande volume de tráfego. Esse caso se aplica, especialmente, às lojas virtuais que estão sujeitas a sazonalidades. Em outras palavras, é possível, em questão de minutos, aumentar ou diminuir a infraestrutura do site, conforme o volume de acessos, por conta da elasticidade da nuvem pública.

Quanto à economia, ela se justifica porque a empresa contratante só paga pelo espaço que utiliza. Assim, ela não desperdiça dinheiro investindo em infraestrutura que vai ficar parada em momentos de pouca demanda.

E você pode gerenciar toda nuvem pública dentro de um painel amigável e intuitivo usando um dos produtos do UOL Cloud Público. Para completar, há uma equipe de atendimento para tirar dúvidas o mais rápido possível.

Nuvem privada

Diferentemente dos servidores públicos, a nuvem privada disponibiliza um ambiente exclusivo para uma empresa ou grupo, onde os recursos de TI não são compartilhados com terceiros. Por isso, grandes corporações e entidades procuram na nuvem privada uma infraestrutura complexa e segura para migrar missões críticas e armazenar todos os dados e arquivos sigilosos.

Como a empresa contratante é quem constrói e personaliza todas as áreas, os provedores da nuvem privada ficam responsáveis apenas pela instalação e a manutenção da infraestrutura.

Além da segurança, esse tipo de nuvem também permite aos clientes flexibilidade e garante mais economia, uma vez que o investimento já engloba aquisição, manutenção, monitoramento e recuperação de falhas. Conheça as vantagens da nuvem privada do UOL Cloud Corporativo.

Nuvem híbrida

Por último, a nuvem híbrida é o recurso mais potente de cloud computing. Dinâmica, ela proporciona o que há de melhor entre a nuvem pública e privada. Isso possibilita o armazenamento de dados mais sensíveis e sigilosos em um ambiente interno e privado e, ao mesmo tempo, a hospedagem de arquivos menos críticos em uma rede pública. É possível, ainda, definir senhas para acessar os documentos.

Na teoria, a funcionalidade da nuvem híbrida é perfeita para qualquer tipo de empresa. No entanto, a prática mostra alguns obstáculos. A começar por sua implementação, que tem um custo que foge do orçamento da maioria das pequenas empresas.

Há, ainda, um cuidado especial em relação à privacidade dos dados. Isso porque, dependendo do volume de dados, corre-se o risco de salvar, acidentalmente, alguma informação sigilosa na rede pública, quando ela deveria estar, de fato, no ambiente privado. Em resumo, a nuvem híbrida demanda, também, bastante cautela.

Por fim, não é possível configurar toda uma rede híbrida sozinho. Uma equipe de TI competente se faz necessária para monitorar o desempenho dos servidores e realizar testes regulares de dados de entrada e saída. Desta forma, além de manter tudo funcionando, você também está prevenindo problemas futuros.

Com o UOL Cloud Híbrido não há necessidade de uma longa curva de aprendizado, uma vez que a migração de dados de um ambiente para o outro é feita de forma rápida e intuitiva. Para completar, uma equipe de especialistas está pronta para dar suporte 24 horas por dia, sete dias por semana.

Estas são as ferramentas que estão à sua disposição. Se você quer agilidade e segurança no dia a dia de sua empresa, não deixe de usar o cloud computing. E vale a pena conferir os produtos do UOL Cloud, que dispõe de 26 mil metros quadrados de data center localizados no Brasil e com capacidade de armazenar 15 petabytes. Não é à toa que 90% das empresas brasileiras de e-commerce hospedam suas estruturas com o UOL.

⇒ Quer trazer sua empresa para a nuvem? Baixe agora o e–book grátis: Cloud computing: como trazer sua empresa para a nuvem.