Superguia Academia E-mail marketing: tudo que você precisa saber para começar agora

2. Quando utilizar o e-mail marketing

Quais as situações que "pedem" um e-mail marketing?

O e-mail marketing pode fazer parte das estratégias de comunicação de uma empresa em diferentes ocasiões. A ferramenta é versátil e recomendada para alcançar uma boa variedade de objetivos.

Além disso, é possível mensurar e avaliar resultados de campanhas e ações. A maioria das plataformas de disparo oferece uma boa variedade de estatísticas para montar relatórios
(saiba mais sobre essas ferramentas no próximo capítulo).

Para cada objetivo, há um tipo de mensagem indicada. Veja algumas ideias:

Aumentar o tráfego do site

Comunicar aos clientes que seu site tem uma novidade – produto, conteúdo ou promoção – vai trazer mais visitantes para a página. As pessoas podem não ter o hábito de visitar um site com frequência para descobrir novidades, no entanto, elas abrem seu e-mail diariamente.

Aumentar o número de vendas

Divulgando promoções e produtos via e-mail, você estimula o cliente a comprar. Selecionando ações e ofertas que tenham a ver com o interesse do cliente, as chances de conversão são altas. Para isso, é preciso segmentar sua base (mais adiante você vai ler mais sobre esse assunto).

Reativar um cliente inativo

Percebeu que um cliente não realiza uma compra há bastante tempo? Você pode enviar um e-mail para esse cliente oferecendo, por exemplo, um cupom de desconto exclusivo.

Estabelecer um canal de relacionamento próximo com o cliente

Manter seu cliente informado de seus preços, produtos e atividades faz com que ele esteja constantemente se lembrando da sua empresa.

Fidelizar clientes

Construindo um bom relacionamento e repassando conteúdo relevante, o assinante do e-mail marketing pode tornar-se um cliente fiel. Além de trazer um bom retorno em compras a longo prazo, esse tipo de assinante pode compartilhar seus conteúdos e acabar trazendo novos clientes para a loja.

Divulgar ações promocionais

Promoções têm prazos definidos e criam urgência. Através do e-mail, o cliente tem mais chances de visualizar a mensagem e saber da ação a tempo de aproveitar uma liquidação ou de garantir a participação em um sorteio, por exemplo.

Convidar para eventos

Está planejando um evento, seja ele presencial ou virtual, como a chegada de nova coleção, por exemplo? O e-mail é uma forma efetiva de atingir diretamente seu público-alvo e fazer com que ele esteja ciente da data do evento para poder se programar.

Comunicar eventuais problemas e mudanças

Se o sistema da sua loja virtual está passando por problemas técnicos; se uma região foi excluída das possibilidades de entrega; ou se o site mudou de endereço: faça com que seu cliente receba a informação com rapidez.

4 vantagens do e-mail marketing

1.Agilidade

O e-mail é uma ferramenta muito ágil para se trabalhar, tanto para envio quanto para obter feedback. Na maior parte das vezes, as respostas são obtidas quase imediatamente.

2. Mensurabilidade

Com o e-mail é muito simples mensurar o retorno de mensagens. As estatísticas trazidas pelas plataformas podem gerar relatórios ricos e insights preciosos.

3. Interatividade

Usando apenas um link na mensagem de e-mail, podem-se realizar ações estratégicas para retornar uma resposta, visitar um site, realizar uma compra ou mesmo solicitar a exclusão da lista de recebimentos.

4. Taxa de resposta

As campanhas de e-mail sérias, com listas de contatos que autorizam recebimento de mensagens por meio do opt-in, têm taxa de retorno muito alta.

Fonte: Nancy Assad, especialista em Marketing e diretora executiva da NA Comunicação e Marketing.

E-mail marketing promocional x newsletter: qual o formato ideal?

É preciso ficar atento ao conteúdo que será enviado aos assinantes. Algumas vezes, as lojas prometem, no momento do cadastro, um formato de e-mail marketing que acaba não sendo o que é enviado de fato. Isso pode gerar uma grande taxa de rejeição, uma vez que não é o que o cliente estava esperando.

A confusão no tipo de e-mail é comum. Mas observando alguns detalhes – objetivo da mensagem, frequência e conteúdo – você consegue diferenciar os formatos e esclarecer para o assinante o que será enviado.

O e-mail marketing é promocional quando:


  • Tem como principal foco vender;
  • Estimula uma reação imediata;
  • Transmite mensagens curtas e diretas;
  • É enviado em ocasiões específicas (ações promocionais e ofertas, por exemplo);

O e-mail marketing é newsletter quando:


  • Pretende construir uma relação a longo prazo com o cliente;
  • Busca fidelização e retenção;
  • As mensagens são mais longas e têm como foco proporcionar novidades e conteúdo relevante, que nem sempre estão diretamente ligados a produtos e preços;
  • O envio é contínuo, com uma frequência fixa.

 

Antes de definir o formato ideal, é importante pensar em quais objetivos você pretende atingir e qual tipo de informação é mais relevante de acordo com o interesse do seu público-alvo.

Por exemplo, você quer informar as ofertas do Dia das Mães para uma base segmentada de clientes que costumam comprar nessa data? Então aposte em um e-mail promocional apresentando as ofertas e novidades para a data.

Mas, ao mesmo tempo, você quer aproveitar a oportunidade que traz aumento no tráfego do seu site para aumentar sua base de dados? Então convide o visitante a assinar sua newsletter, e para os que se cadastrarem para tal, prepare periodicamente um e-mail com conteúdo relevante, evitando somente ofertas.

Tenha em mente que adotar um formato não elimina, de forma alguma, a possibilidade de trabalhar com outro. É saudável para a empresa sempre acompanhar os resultados de suas estratégias, e, vendo o que funciona, é possível utilizar a mesma ferramenta para alcançar mais de uma meta.

A Vinho e Ponto, e-commerce de bebidas, trabalha tanto com o e-mail que tem como foco promover um produto quanto com o formato de newsletter.

O e-mail promocional é disparado sem periodicidade exata, quando há ofertas para ser divulgadas. Já a newsletter é enviada três vezes por semana para cerca de 10 mil assinantes.

"O perfil do nosso cliente é diferenciado, pois ele se interessa não somente pelo preço do vinho, ou a uva com a qual é feito, mas também por sua história, sua produção e características que extrapolam a garrafa e o rótulo", conta Glaucia Reis, gerente de marketing da Vinho e Ponto.

Nas imagens abaixo, você percebe a sutil diferença entre um e outro. À esquerda, um e-mail marketing promocional, que traz produtos em oferta. Já à direita, uma newsletter que apresenta conteúdo útil: a história da uva Petit Verdot.

vinho e ponto

O que os assinantes esperam de um e-mail marketing?

67% esperam receber descontos e promoções;
45% querem receber atualizações sobre produtos;
28% querem saber mais sobre os produtos ou serviços da empresa;
55% esperam ganhar brindes;
33% esperam ter acesso a conteúdos exclusivos;
28% querem ficar informados sobre novidades da empresa;
50% querem receber atualizações sobre vendas futuras;
29% estão interessados em diversão ou entretenimento;
14% querem interagir com a empresa.
Fonte: ExactTarget.

Baixo investimento, grandes resultados

O e-mail marketing é uma estratégia que exige investimento relativamente baixo e gera bons resultados para a empresa, por isso apresenta um dos melhores retornos sobre investimento quando comparado a outras mídias. Segundo o MediaPost, a ferramenta chega a alcançar um faturamento de 40 dólares para cada 1 dólar investido nos Estados Unidos.

Com os brasileiros, a estratégia também tem um bom desempenho quando comparamos o custo-benefício.

A Master House Manutenções e Reformas, rede de franquias especializada em oferecer serviços de reformas e reparos, aposta no e-mail marketing para prospectar candidatos a franqueados.

Semanalmente, as mensagens são enviadas a cerca de 5 mil candidatos a franqueados – pessoas que se cadastraram na base de contatos como interessadas em adquirir uma franquia – com informações sobre os serviços das franquias e outros conteúdos relevantes para o público-alvo.

Os e-mails são personalizados e pensados cuidadosamente para agradar aos possíveis clientes.

"Estudamos a fundo o assunto, de modo que não houvesse a possibilidade de os nossos e-mails marketing virarem spam. Também buscamos diversos modelos, inclusive em sites e newsletters internacionais, para chegar ao modelo ideal para a nossa empresa", conta Allan Comploier, diretor da Master House.

Os resultados têm sido muito positivos para a empresa. Os e-mails marketing já ajudaram a fechar alguns contratos de franquias, o que significa, em longo prazo, um faturamento de 400 mil reais obtidos por meio de um investimento praticamente nulo, já que todo o trabalho é realizado apenas pela equipe de funcionários da empresa e o serviço de disparo é gratuito.

vinho e ponto

Não perca o timing: não deixe de apostar no e-mail marketing para:

  • A taxa de conversão do e-mail marketing é de 2,53% −a mais alta entre os canais digitais;
  • Manter relacionamento com o cliente;
  • Conquistar novos consumidores;
  • Fidelizar;
  • Informar eventos, mudanças e novidades da loja;
  • Tentar recuperar carrinhos abandonados;
  • Reativar clientes que "andam sumidos"
  • Aumentar o número de vendas e visitas ao site

No próximo capítulo, você encontra mais informações sobre o design de um e-mail marketing e também confere dicas de como criar suas peças otimizando o uso de links, imagens e visualização em dispositivos móveis.