Superguia Academia E-mail marketing: tudo que você precisa saber para começar agora

3. Como fazer e-mail marketing

Passos para um e-mail eficiente

Para ter resultados efetivos com o e-mail marketing é preciso saber como utilizar a estratégia. Levando em conta que a maior parte das pessoas é adepta do hábito de verificar sua caixa de entrada diariamente, é natural que elas esperem receber mensagens interessantes.

91% dos consumidores abrem e-mails todos os dias.
Fonte: Exact Target.

Por isso, é fundamental que o perfil do público assinante seja analisado e que o conteúdo seja construído de acordo com esse estudo. Evite ações que possam irritar o assinante, para não perdê-lo. Assumindo algumas posturas, os e-mails podem se tornar uma estratégia geradora de uma imagem negativa para a empresa.

Impactos negativos do e-mail marketing nos consumidores


35,4% já cancelaram uma assinatura porque os e-mails eram enviados com muita frequência;
14% já cancelaram uma assinatura porque se cansaram da marca;
35,4% já cancelaram uma assinatura porque os e-mails eram enviados com muita frequência;
14% já cancelaram uma assinatura porque se cansaram da marca;
Fonte: BlueHornet, Convince&Convert.

Estabeleça uma frequência de envios saudável

Você já sabe que o e-mail marketing é uma forma de lembrar ao cliente da sua empresa e incentivá-lo a se manter ativo. Para que isso, de fato, aconteça é preciso estabelecer uma frequência de envios. Se suas mensagens chegarem com regularidade, o cliente vai estar constantemente em contato com sua empresa.

Contudo, a frequência deve ser planejada com cuidado. Receber mensagens da mesma empresa todos os dias ou mais de uma vez por dia vai lotar a caixa de entrada do cliente. Isso pode acabar fazendo com que o assinante marque-as como spam ou cancele o cadastro.

Foto Especialista
Palavra de especialisa
"A frequência ideal de envio depende de muitos fatores, pois é preciso entender o comportamento da base a cada disparo. É importante fazer um planejamento de disparos que contemple o timing de cada cliente. Alguém que entrou no site e deixou um aparelho de TV no carrinho, por exemplo, está em um momento forte de compra, diferente de alguém que fez um cadastro para começar a receber disparos. Planejar esse fluxo é o ponto principal, e a frequência de disparos vai se moldando ao comportamento da base."

Rafael Martins, coordenador de e-mail marketing da Cadastra

Fique atento!
3 dicas para não ficar preso a padrões de envios

1. Monitore o comportamento dos seus contatos.

Faça testes em dias e horários diferentes para entender o que funciona melhor. Afinal, nem todo mundo usa a internet nos mesmos horários, e seu fluxo de disparos deve ser moldado de acordo com a sua base.

2. Planeje um calendário de disparo alinhado com suas campanhas e promoções.

Antecipando-se, é possível prever estratégias de comunicação mais efetivas.

3. Fique de olho nas redes sociais.

Aproveitar um assunto que está em alta e abordá-lo no seu e-mail marketing pode gerar mais engajamento.

Fonte: Rafael Martins, coordenador de e-mail marketing da Cadastra.

Adote a prática de segmentação de campanhas

Segmentar as campanhas é a melhor maneira de enviar os e-mails certos para cada cliente. Filtrar os conteúdos vai fazer com que o destinatário receba as mensagens pelas quais tem interesse de fato. Para tanto:

  • Ofereça opções de categorias e assuntos para que o assinante selecione suas preferências já no momento do cadastro;
  • Forme grupos identificando características comuns – faixa etária, localização etc.;
  • Organize seus assinantes pelas compras que eles já realizaram.

Dica: Comece a segmentação já na inscrição.

 

A Renner, por exemplo, logo na incrição separa os cadastros por gênero.

vinho e ponto

Personalize o conteúdo para o assinante

Personalizar a mensagem faz toda a diferença na experiência de leitura do assinante. O e-mail é uma mídia que possibilita um contato direto e próximo, então enviar conteúdo personalizado possibilita um contato ainda mais pessoal. Pequenos detalhes, como incluir o nome do destinatário na mensagem, são simples de executar e já criam a sensação de que o conteúdo foi pensado para aquele cliente. A segmentação da campanha também confere personalização às mensagens, uma vez que cada conteúdo é direcionado especificamente para um perfil de cliente.

8tracks usa a personalização dos e-mails para se aproximar dos usuários

8tracks é uma rede social que permite o compartilhamento de playlists musicais entre os usuários. Fundado em 2006, o site tem hoje milhões de usuários espalhados pelo mundo.

Semanalmente, a empresa envia aos usuários seleções de três playlists. As sugestões são segmentadas e personalizadas de acordo com as playlists que cada usuário já ouviu no site. Atualmente, seus e-mails chegam a cerca de 8 milhões de assinantes.

vinho e ponto

O feedback dos usuários é tão positivo que levou o 8tracks a criar uma campanha centrada na interação dos assinantes. Em um dos e-mails semanais, o texto pedia que o usuário respondesse a mensagem compartilhando algo sobre si. Em uma semana, a empresa recebeu mais de 1 mil e-mails em resposta. Tornando a relação com os usuários ainda mais próxima, a seleção de playlists da semana seguinte compartilhava uma das histórias recebidas.

vinho e ponto

"A forma como o 8tracks funciona é muito pessoal – você compartilha uma playlist, alguém escuta. É uma experiência de um para um. Nós queremos que a nossa marca reflita isso, para tanto, nada melhor que o e-mail para ajudar" , conta David Johnson-Igra, diretor de marketing do 8tracks.

Use os links a seu favor

O uso de links nos e-mails marketing estimula os leitores a interagir com a peça, uma vez que possibilita o acesso rápido ao que está sendo mencionado, ampliando as chances de conversão. Observando alguns detalhes, é possível utilizar o recurso a seu favor e otimizar a experiência do assinante.

Só faça links para páginas confiáveis

Pode parecer uma dica óbvia, mas é fundamental lembrar-se que fazer links para páginas e sites que possam despertar a desconfiança do assinante é uma prática a ser evitada.

Utilize encurtadores de URL

Além de melhorar o visual da mensagem, os endereços curtos são mais atrativos e despertam mais confiança no leitor.

Faça com que os links se abram em uma nova janela

Assim o assinante pode conferir todos os links presentes em uma mesma mensagem sem ter de ficar retornando à caixa de entrada.

Ofereça um link de cancelamento da assinatura aos clientes

É claro que o objetivo jamais será perder um assinante, mas facilitar o descadastro daqueles que não estão mais interessados em receber suas mensagens é positivo para o cliente e, em consequência, para a imagem que ele tem da empresa.

Não use links para arquivos "suspeitos"

Extensões .exe e .scr, por exemplo, remetem à ideia de vírus. Clicar em um link que começa automaticamente um download de um arquivo desse tipo pode fazer com que o assinante marque sua mensagem como spam.

Tome cuidado com os excessos

Um e-mail com uma quantidade muito grande de links corre mais risco de virar spam. Avalie o que é necessário e selecione bem os links que serão incluídos na mensagem.

Faça bom uso de imagens

Incluir imagens nas mensagens tornará seu conteúdo mais atraente e mais passível de gerar cliques. Um e-mail marketing que traz apenas texto vai chamar menos a atenção do assinante, diminuindo a probabilidade de leitura. No entanto, é preciso atentar-se para a forma de uso das imagens para garantir bons resultados.

Não utilize apenas imagens, sempre inclua texto no e-mail

Alguns serviços de e-mail não fazem download automático das imagens recebidas e alguns usuários escolhem não baixá-las sem saber do que se trata. Por isso, é importante não depender apenas de imagens para transmitir sua mensagem. Encontre um equilíbrio entre imagem e texto.

Imagens demais deixam a mensagem pesada

Exagerar na quantidade de imagens fará com que seu e-mail fique pesado e não carregue corretamente em todas as conexões e servidores.
Hospede as imagens em um servidor confiável. Manter as imagens em um bom servidor é essencial para o carregamento rápido e a visualização completa do conteúdo.

Divida uma única imagem grande em várias pequenas

Imagens menores são processadas com maior facilidade pelos servidores. Além disso, no caso de problemas com uma imagem, todo o visual não é perdido.

Ofereça um link de cancelamento da assinatura aos clientes

É claro que o objetivo jamais será perder um assinante, mas facilitar o descadastro daqueles que não estão mais interessados em receber suas mensagens é positivo para o cliente e, em consequência, para a imagem que ele tem da empresa.

Sempre utilize o recurso ALT

Inserir textos alternativos às imagens é um procedimento de segurança que vai garantir que sua comunicação seja completa e eficiente, ainda que as imagens não carreguem por qualquer motivo.

vinho e ponto

E-mail promocional, de uma loja virtual, que só possui imagem. A exibição foi bloqueada automaticamente, além de cair na caixa de spam.

vinho e ponto

E-mail de ofertas no qual as imagens não estão sendo exibidas, porém as alt tags sinalizam do que trata cada uma.

Como você está usando imagens nos seus e-mails? Fique atento!

60% dos serviços de e-mail bloqueiam imagens automaticamente;
67% dos consumidores têm problemas com imagens em e-mails;
Fonte: ExactTarget, Chief Marketer.

Aposte em um design atrativo e responsivo

Construir seu conteúdo com um design atrativo para o leitor é um grande passo em direção ao sucesso da campanha. Afinal, o design pode tornar a leitura mais confortável e acabar estimulando cliques.

Muitos sites e ferramentas, como o UOL HOST e-mail marketing, disponibilizam modelos prontos e personalizáveis de templates para e-mails, facilitando bastante a criação da peça para quem não é um profissional de design. Na hora de escolher e criar sua campanha é importante ter em mente seis pontos:

1. Não exagere no tamanho das fontes

Aqui o exagero a ser evitado vale tanto para fontes grandes demais quanto para fontes pequenas demais. Lembre-se sempre de que nem todos os assinantes abrirão o e-mail em um computador de tela grande, por isso o tamanho da fonte deve possibilitar uma boa legibilidade em diferentes suportes.

2. Capriche na escolha da tipografia

Não é só o tamanho da fonte que requer atenção. Quando for escolher o tipo, certifique-se de que tenha alta legibilidade e dê preferência àqueles mais comuns aos sistemas, para garantir que o texto carregue e apareça corretamente.

3. Cuidado com as cores

As cores são fundamentais para construir sua identidade e dar personalidade às campanhas. Para não gerar desconforto na leitura, evite o uso de cores muito berrantes e opte por tons contrastantes entre a cor da fonte e a cor de fundo.

4. Construa a peça em tabelas HTML

Assim o e-mail correrá menos risco de ser bloqueado por causa das imagens. Além disso, o suporte dos servidores de e-mail costuma ser mais consistente para HTML que para CSS.

5. Faça a adequação das tags para um design responsivo

Observando detalhes na hora de criar a peça em HTML, é possível fazer com que seu conteúdo seja agradável a qualquer tipo de tela. Um exemplo é utilizar 100% como valor para as larguras, em vez de colocar uma largura fixa em pixels.

6. Aposte no call to action

Use setas, botões e outros incentivos imagéticos para chamar o leitor a interagir com o seu e-mail.

Torne seu conteúdo atraente para o celular

Se a agilidade e a frequência de verificação do e-mail é um dos maiores atributos desta ferramenta, é fácil imaginar que uma boa parte dos usuários cheque suas caixas de entrada pelo celular, a qualquer momento e em qualquer lugar.

O leitor mobile e o e-mail:

47% dos brasileiros usam o celular como a principal forma de acessar a internet;
75% das empresas ainda não criam e-mails otimizados para mobile;
180% Entre 2011 e 2014, a taxa de abertura de e-mails via mobile cresceu 180% no mundo;
65% As chances de um leitor mobile clicar no link é 65% maior se ele voltar a abrir a mensagem no computador;
33% da abertura de e-mails no Brasil é feita via celular;
89% dos leitores mobile deletam as mensagens que não conseguem visualizar corretamente.
Fonte: Google Mobile Day 2015, eMarketer, Email Monks, Campaign Monitor, KISSmetrics.

Tornar o conteúdo do e-mail marketing atraente para os leitores mobile é, portanto, uma necessidade. Trabalhe com o design responsivo, ou seja, que adapta o material ao dispositivo do usuário. Possibilitando que a organização e a disposição do conteúdo seja agradável, tanto em mobile quanto em desktop, as chances de interação com o leitor são muito mais altas.

5 Dicas para transformar seu e-mail em mobile-friendly

Garantir uma boa experiência aos consumidores que acessam as mensagens via dispositivos móveis é de suma importância para aumentar a conversão e garantir o sucesso da campanha. Veja o que não pode faltar em um e-mail marketing otimizado para essa público:

1.Títulos curtos

A quantidade de espaço disponível em dispositivos móveis é bem reduzida. Mantenha-o em até 40 caracteres ou posicione o mais importante do título nesse intervalo.

2. Templates de uma coluna só

Em um dispositivo móvel, um layout com várias colunas pode aparecer condensado e confuso de navegar. Usar uma coluna também simplifica o design e ajuda a destacar o seu conteúdo mais importante.

3. Fontes grandes

Usar uma fonte de, pelo menos, 13 ou 14 pixels faz com que seu e-mail fique mais legível em uma tela pequena.

4. Poucas e pequenas imagens

Imagens pequenas reduzem o tempo de carregamento e consumo de internet 3G. Portanto, quanto mais rápido elas carregarem, mais satisfeitos ficaram esses leitores.

5. Ausência de menus dentro do e-mail

E-mails não são websites. Aliás, a dica é válida mesmo para as mensagens que serão lidas em desktops. Atenha-se apenas a texto, links e imagens. Esqueça os menus!

Foto Especialista
Palavra de especialisa
"A mensagem deve ser montada em HTML e estruturada de uma forma que o leitor consiga captar rapidamente toda a informação. As pessoas costumam dar uma 'escaneada' rápida no e-mail antes de começar a leitura propriamente dita. Faz parte do nosso sistema de julgamento inconsciente, para saber se vale a pena ler aquilo ou não."Com a atual mecânica de algoritmos das redes sociais, uma base irrisória dos seguidores da marca efetivamente recebem as informações de forma orgânica. Sendo assim, o e-mail assume o papel de canal oficial para informações e ações da marca."

Eduardo Lyvio, jornalista e especialista em Gestão e Marketing Digital.

Vandal aposta em e-mails divertidos para conquistar clientes

A Vandal, loja virtual que comercializa camisetas, planeja suas campanhas de e-mails marketing pensando no que seus assinantes gostariam de receber e buscando se diferenciar dos e-mails "chatos" da maioria das empresas.

"Tentamos atingir três objetivos em todos os e-mails: diversão, surpresa e interatividade. A venda não é o principal objetivo, e sim uma consequência", comenta Ricardo Dullius, criador da Vandal.

O conteúdo das mensagens está alinhado com o público-alvo e com os produtos vendidos na loja. As campanhas fazem uso de referências à cultura pop e abordam datas e assuntos que vão ao encontro dos interesses dos clientes.

  • Os e-mails são usados para divulgar promoções e cupons de desconto ou para divulgar produtos, enviando aos assinantes uma seleção de camisetas com estampas que, geralmente, seguem um tema específico;
  • O design das peças é chamativo e estimula a interação dos assinantes. Cada campanha tem um modelo pensado e adequado de acordo com o conteúdo.
  • vinho e ponto
  • As peças estimulam a interação do leitor e fazem uso de links, tanto para produtos quanto para páginas externas. Uma técnica frequente é o "botão surpresa", que sempre conta com links que direcionam o leitor para uma página fora da loja: vídeos do YouTube, gifs, jogos online etc.
  • As peças estimulam a interação do leitor e fazem uso de links, tanto para produtos quanto para páginas externas. Uma técnica frequente é o "botão surpresa", que sempre conta com links que direcionam o leitor para uma página fora da loja: vídeos do YouTube, gifs, jogos online etc.

As mensagens são enviadas, no máximo três vezes por semana, para cerca de 19 mil assinantes e têm conquistado resultados positivos para a empresa. A taxa de abertura dos e-mails chega a 22%, e a taxa de conversão é de 2%.

Invista em uma boa ferramenta de disparo

Na hora de enviar os e-mails, nada de colar todos os endereços do seu mailing no campo "para" e apertar "enviar". Você precisa fazer esses disparos com a ajuda de uma ferramenta.

As ferramentas de disparo de e-mail facilitam muito vários aspectos de uma campanha: desde o gerenciamento da base de cadastros até o monitoramento dos resultados obtidos.

Além disso, algumas ferramentas permitem a segmentação e a personalização das mensagens, recursos que ajudam a aumentar a relevância dos seus e-mails e, consequentemente, o sucesso da campanha.

Existe uma grande variedade de ferramentas de disparo de e-mail no mercado, algumas até com serviços gratuitos. Na hora de escolher a melhor opção para a sua empresa, vale a pena estudar quais são os recursos oferecidos pela ferramenta e avaliar se eles atendem as suas necessidades.

6 motivos para investir em uma ferramenta de disparo de e-mails

1. Ferramentas de disparo oferecem estatísticas e relatórios que são fundamentais para monitorar e avaliar o desempenho das campanhas.

2. Por meio das ferramentas, fica mais fácil organizar e gerenciar a lista de contatos da sua base cadastral – fator decisivo no planejamento da campanha.

3. Possibilidade de automação da estratégia, tornando o envio do e-mail marketing ainda mais simples para a empresa.

4 Dispor de atendimento especializado. Poder recorrer a uma equipe preparada para te oferecer suporte pode fazer toda a diferença para o sucesso de uma campanha.

5. Os softwares costumam oferecer diferentes opções de layouts e ferramentas de personalização, o que facilita o trabalho de quem está criando o e-mail.

6. Ao tentar enviar uma mesma mensagem para vários destinatários manualmente, você corre o sério risco de todas irem parar na lixeira. Seu próprio servidor de e-mail e, o que é pior, os servidores dos seus clientes podem identificá-lo como spam.

A ferramenta de e-mail marketing UOL HOST possui planos de 5 a 500 mil envios por mês. Conheça as vantagens e valores e contrate o ideal para o seu negócio!

 

Agora você já sabe como criar boas práticas para suas campanhas. Mas a quem você vai direcioná-las? No capítulo seguinte, você confere dicas de como cuidar da sua base de cadastros para ampliar, ainda mais, as chances de sucesso da campanha.