Superguia Academia UOL HOST Tudo sobre Marketing Digital de resultados para micro e pequenas empresas

Conceitos de Marketing Digital

Fique por dentro dos tipos de ações de marketing

Já teve a sensação, ao ler ou escutar uma conversa sobre marketing, de que tudo escrito ou dito parecia estar em outro idioma? A área traz um vocabulário cheio de conceitos que nem sempre são simples de compreender logo de cara. E, frequentemente, estão realmente em outra língua – muitos dos termos mais populares do marketing não são traduzidos do inglês.

Conhecer os termos e entender o que significam é fundamental para planejar estratégias de marketing completas e eficientes. Assim, é possível compreender mais claramente do que sua empresa precisa e quais ferramentas estão disponíveis para fazê-lo chegar lá.

No decorrer deste capítulo vamos esclarecer alguns dos principais conceitos utilizados quando o assunto é marketing digital.

Marketing de Performance

O marketing de performance é um aliado importante para uma empresa. Trata-se de técnicas e estratégias que visam a obter o máximo de resultados com o mínimo de investimento.

Neste esquema, cada campanha é pensada e otimizada com foco no sucesso dos objetivos da empresa e é possível mensurar o desempenho de cada ação desenvolvida para alcançá-los. Ou seja, para começar, é preciso que as metas estejam muito claras e bem traçadas.

Objetivos mais comuns:
Principais ações:
• Aumentar o número de visitantes do site;

• Gerar leads – link para micro abaixo;

• Fazer crescer o número de conversões.

• Melhorias no design e na usabilidade do site;

• Implantação de técnicas de SEO;

• Investimento em links patrocinados;

• Contratação de espaço para banners pagos por clique ou por conversão.

Marketing Digital | O que são leads?

O termo leads refere-se a pessoas que demonstraram algum interesse na sua empresa, deixando uma forma de entrar em contato com elas – geralmente, um endereço de e-mail – e são clientes em potencial.

O bom posicionamento da empresa nos sites de busca é uma das principais estratégias do marketing de performance, uma vez que traz um grande retorno a um custo reduzido.

Os links patrocinados são um bom exemplo desse tipo de técnica. Pela compra de palavras-chave, você melhora a posição da página da sua empresa nos buscadores, recebe mais visitas e, consequentemente, mais conversões, pagando apenas pelos cliques recebidos.

O custo-benefício do marketing de performance é bastante atrativo: você paga apenas pelo objetivo conquistado. Ou seja, paga por cliques no seu anúncio, por número de leads gerados ou mesmo por total de conversões conseguidas. Tudo o que foi investido volta para a empresa como meta alcançada.

Para que isso seja possível, o acompanhamento das métricas é tão importante quanto a própria otimização da campanha. As ferramentas digitais oferecem grande mensurabilidade, e é o monitoramento destes números que vai mostrar o que está funcionando e o que precisa ser alterado.

Inbound Marketing

Inbound Marketing é o nome dado ao conjunto de estratégias que visam a atrair o interesse de um público-alvo. Também conhecido como marketing de atração, os esforços dessa modalidade são voltados para ações que conquistem a confiança e ofereçam informação aos usuários.

É uma abordagem diferente em relação ao marketing tradicional, o chamado Outbound Marketing, que tem como base o anúncio de produtos com foco direto em vendas. No Inbound, a intenção de venda não é tão destacada, mas a conversão vem como resultado das atividades.

Objetivos mais comuns:
Principais ações:
• Despertar o interesse do usuário pela marca;

• Construir uma relação de confiança com o público;

• Fidelizar leitores ou visitantes;

• Gerar engajamento.

• Criação de conteúdo relevante para um público-alvo;

• Produção e disponibilização de materiais para download;

• Investimento em publicações em mídias sociais;

• Trabalho com blogs;

• Uso de técnicas de SEO;

• Personalização de conteúdo.

Lado a lado com o marketing de conteúdo, o Inbound usa a criação e a disponibilização de conteúdo relevante como um trunfo para atrair a atenção do público-alvo. O objetivo principal é agregar valor à experiência do usuário com a marca para, então, ampliar o número e a qualidade de visitantes e leads – e, consequentemente, a quantidade de conversões.

Conquistando o interesse do público, a interação da marca com o usuário não acaba no momento da conversão: o Inbound Marketing torna possível que o impactado se transforme em um multiplicador, que vai voluntariamente divulgar sua marca comentando sobre a experiência que teve ou indicando conteúdos a outras pessoas.

Os ótimos resultados obtidos com a aplicação do Inbound Marketing têm feito sua utilização cada vez mais popular entre as empresas. Mas, para chegar a resultados satisfatórios, é preciso dedicar-se e investir nas estratégias. Planejamento e qualidade na criação de conteúdo são essenciais para colher bons frutos.

  • • 58% das empresas brasileiras praticam Inbound Marketing;
  • • 92% das empresas que utilizam Inbound Marketing têm retorno positivo;
  • • O número de leads gerados por técnicas de Inbound Marketing é 54% maior que o realizado por técnicas pagas tradicionais.
Fonte: Hubspot.
Inbound Marketing | Análise de Desempenho

Branding | Marketing

Branding é o termo que define a gestão da imagem da empresa. Ou seja, é algo que rege tudo o que a marca representa e interfere diretamente na percepção que uma pessoa tem da empresa.

É comum que se pense no branding unicamente como a criação do visual da empresa – logo e a sua aplicação em produtos e materiais da empresa –, o que, embora esteja dentro do território do branding, não é a única coisa que define a identidade da marca.

Branding tem a ver com a coerência e a unidade de todas as formas de comunicação da empresa, e envolve, além do visual, a linguagem, os assuntos com os quais se relaciona, os valores, o que representa.

Objetivos mais comuns:
Principais ações:
• Posicionar a marca no mercado;

• Identificar e definir o público-alvo;

• Criar, consolidar e fortalecer a identidade da marca;

• Agregar valores à marca.

• Desenvolvimento de uma identidade visual;

• Adequação de todos os conteúdos à identidade da marca;

• Investimento em publicações em mídias sociais;

• Trabalho com mídias sociais.

É importante ressaltar que uma gestão de marca bem-feita só tem a contribuir para o sucesso e o fortalecimento da sua empresa. Entretanto, as ações de branding são mais difíceis de ser mensuradas e o efeito dos resultados não são sentidos imediatamente. Tenha em mente que é um investimento a longo prazo.

Marketing de Guerrilha

O marketing de guerrilha é uma estratégia de distância das ações convencionais. Isto porque o seu principal propósito é impactar o público e fazer com que as pessoas comentem sobre a marca.

Trata-se de soluções criativas e inesperadas que instigam e provocam a interação e o engajamento do público. Afinal, tudo o que surpreende pode ser facilmente compartilhado nas mídias sociais, levando uma campanha relativamente simples a um grande número de pessoas sem que seja preciso investir nessa divulgação.

Objetivos mais comuns:
Principais ações:
• Chamar a atenção do público;

• Gerar interação e conteúdo espontâneo por parte do público;

• Virar notícia e repercutir na mídia;

• Promover a marca.

• Promoção de intervenções online ou offline;

• Utilização das mídias sociais.

Apostar em interações fora das mídias é uma ótima forma de impactar o público. Planejar uma ação que leve sua marca a um local específico ou um evento é uma forma de aproximar-se do público e proporcionar uma experiência multissensorial, por exemplo.

Para que uma ação de marketing de guerrilha seja bem-sucedida, o orçamento não precisa ser astronômico – pelo contrário, os custos, geralmente, são bastante baixos. A palavra de ordem aqui é organização. Se o planejamento da ação não estiver devidamente preparado, a execução pode não sair bem e os resultados não serão os esperados.

Resultados insatisfatórios, nesse caso, podem trazer dor de cabeça. A ação pode passar totalmente despercebida e não gerar nenhuma repercussão ou, em um cenário menos favorável, o tiro pode sair pela culatra, e a campanha pode repercutir negativamente.

Por isso, atente-se ao planejamento! Certifique-se de que tudo esteja alinhado para que a execução aconteça da melhor maneira possível, tanto para a empresa quanto para o público.

Marketing Viral

O marketing viral aposta na tendência de compartilhamento de conteúdo para fazer com que uma campanha chegue a um grande número de pessoas de forma espontânea, sem grandes investimentos na divulgação.

Para que isso aconteça, o conteúdo deve ser criado com base em uma série de técnicas para chamar a atenção do público e fazer com que a campanha tenha potencial viral, instigando o compartilhamento.

Objetivos mais comuns:
Principais ações:
• Gerar visibilidade e engajamento;

• Multiplicar o alcance de impacto.

• Trabalho com mídias sociais;

• Aproveitamento de assuntos que estão em alta;

• Incentivo e facilitação do compartilhamento.

Não é simples criar uma campanha de marketing viral, uma vez que, mesmo que o conteúdo seja pensado para gerar o compartilhamento, nem sempre é possível prever o comportamento e a recepção do público. Assim, por exemplo, campanhas que não tinham esse intuito no momento da sua concepção acabam se tornando virais quando são lançadas.

Aposte em campanhas que passem mensagens emocionantes, pessoais ou conteúdos de entretenimento – modelos que, geralmente, se conectam com o público mais do que um anúncio objetivo.

Cervejaria local aposta em estratégia de marketing viral

Engana-se quem acredita que apenas gigantes dos negócios podem lançar mão de campanhas de marketing viral. Pequenas e médias empresas também podem aproveitar a estratégia para aumentar sua visibilidade, guardadas as devidas proporções. O compartilhamento pode não chegar a milhões de pessoas, mas o retorno ainda pode ser bastante significativo para a empresa.

A Perro Libre, cervejaria artesanal de Porto Alegre, conseguiu extrapolar sua cidade graças à campanha de lançamento da cerveja 803. A empresa começou suas atividades em 2014, envolve sete funcionários e tem aproximadamente 4 mil seguidores na página do Facebook. O vídeo da campanha, porém, tem o triplo de visualizações no YouTube.

Marketing Viral | Perro Libre Cervejaria Artesanal

 

A ideia da campanha é questionar o senso comum de que uma cerveja "para mulher" seria diferente de uma voltada para o público masculino. "Nosso intuito não foi ditar um ponto de vista, apenas compartilhar o nosso e deixar as pessoas continuar", conta Thiago Galbeno, sócio da Perro Libre. Incentivando a reflexão e a discussão, o vídeo repercutiu na mídia e nas redes sociais.

"A recepção foi incrível. Foram mais de 10 mil visualizações no YouTube e as respostas que tivemos das pessoas via e-mail e mensagens foram ótimas. Tivemos quase 1 mil likes a mais na página do Facebook, e o nível de engajamento na rede foi muito bom – foram mais de 300 compartilhamentos do nosso post", contabiliza Thiago.

A repercussão da marca impulsionou seu conhecimento também fora de Porto Alegre. Hoje, o produto é vendido em outras quatro cidades do Rio Grande do Sul e em alguns pontos da cidade de São Paulo.

Para atingir essas marcas, o investimento da empresa não foi alto. A campanha da 803 foi feita com um orçamento total de cerca de 4 mil reais.

Agora você já conhece os conceitos e as mídias disponíveis para investir em marketing digital. Está preparado para começar a planejar suas próprias estratégias?

Então, avance para o próximo capítulo!

Fechar
Download Grátis eBook Marketing Digital

Não deu tempo de ler tudo?

Faça o download do Superguia para ler depois!

Confirmação download eBook Mkt Digital

Cadastro Confirmado!

O Link para download também foi enviado para seu email.