LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Pare já de perseguir seus clientes nas redes sociais

Esqueça por um momento que você tem uma empresa e coloque-se no lugar do consumidor: você já teve aquela sensação de estar sendo perseguido? Parece que aquela bendita marca está em todos os lugares, sempre empurrando um produto ou tentando a todo custo te ganhar com um desconto?

E tudo começou porque você decidiu curtir a empresa no Facebook, ou segui-la no Twitter. E o que era para ser uma relação divertida e saudável nas redes sociais, acabou se tornando uma chatice, e agora o que você mais quer é manter distância dela.

Parece exagero? Pois saiba que muitas empresas ainda acham que a melhor estratégia para vender pelas redes sociais é atormentando seus clientes com propaganda atrás de propaganda. E definitivamente não é isso que os internautas procuram nesses canais de comunicação.

O grande interesse desse público é conversar, curtir fotos de amigos, manter contato com pessoas que moram longe ou fazer novas amizades. A relação empresa-cliente deve ser baseada nesse conceito.

Entenda como tirar melhor proveito dessas ferramentas sem se tornar um stalker:

A raiz do problema

Faça uma autorreflexão: quantas vezes você, como consumidor, clicou em um anúncio no Facebook para comprar algum produto? Agora, se lembre de quantas imagens interessantes, engraçadas ou fofas postadas na página de uma empresa, você já compartilhou?

Quando um e-commerce pensa em investir em redes sociais, é preciso se livrar da ideia “compre agora”, ou seja, os investimentos nesses meios devem ser a longo prazo. Não espere resultados instantâneos como acontece quando se manda um e-mail marketing, por exemplo.

Olhando para o futuro

Mas então qual é a melhor maneira de uma marca agir? Comece entendendo que cada canal de comunicação tem suas individualidades. Se quem navega pelo Facebook, por exemplo, está à procura de conversas e coisas de seu interesse, que tal engajar essas pessoas para debater sobre algum assunto relacionado ao seu negócio?

O trabalho feito nas redes sociais precisa ser focado em fortalecer sua marca. Pense que o usuário, talvez , não esteja decidido a adquirir naquele momento o produto, mas quando ele se decidir e estiver pronto para a compra, ele vai lembrar de você.

Nessa hora, ele pode recordar que sua página sempre posta coisas interessantes, que seu trabalho parece super bacana e confiável e que ele já viu seus amigos curtindo e recomendando seus produtos.

Agora que você já sabe o que não deve fazer, aí vão quatro dicas rápidas para você começar o trabalho agora mesmo:

1 - Envolva seus fãs

Aguce a curiosidade ou faça com que eles se sintam especiais por curtirem sua página. Brinque com imagens de novos produtos, peça para que eles adivinhem o que será lançado ou então aposte em vídeos e fotos que mostrem os bastidores do seu trabalho.

A rede de café Starbucks é considerada uma das 100 maiores marcas no Facebook. Em um de seus posts, por exemplo, eles destacaram uma nova loja que seria aberta em breve na cidade de Austin (Texas) , mostrando fotos do lugar e recheando o texto com curiosidades bacanas da cidade.

2 - Seja assertivo

Dê informações relevantes sobre os seus produtos, conte histórias que mostrem como ele pode ser útil na vida das pessoas, aposte em imagens ou vídeos para isso.

Por exemplo, você pode incentivar o envio de depoimentos de clientes sobre os seus serviços. Se o seu produto conseguir fazer com que esses vídeos sejam levados para o lado emocional, melhor ainda.

Os usuários de redes sociais adoram conteúdos que despertem emoção. Faça rir ou faça chorar, mas provoque reações. Essa é a melhor maneira de chamar atenção e fazer sucesso.

3 - Dê o primeiro passo

As pessoas não estão nas redes sociais para comprar, mas você pode incentivá-las a dar esse passo. Estimule a participação delas com amostra grátis, ofereça cupons e promoções exclusivas para quem é fã da sua marca na rede social.

No seu próximo lançamento ou na chegada de um produto exclusivo, experimente distribuir amostra grátis àquelas pessoas mais participativas em sua página. Convide-as depois para falar o que acharam.

4 - Crie conversas

Convide seus clientes para conversas e discussões, tire dúvidas sobre os seus produtos, aproveite esse momento para estreitar a relação e ouvir seus consumidores.

A marca L’Oréal Paris conseguiu aumentar a intenção de compras de suas fãs em mais de 80% com essa estratégia no Facebook.

O trabalho feito foi direcionado para ouvir o que elas tinham pra dizer, incentivar conversas e oferecer informações úteis e exclusivas para os seguidores da página. Além disso, a empresa queria atingir não só suas fãs, mas também a rede de contato delas.  E deu certo!

 

Convencido de que perseguir fãs nas redes sociais é uma roubada? Deixe aqui sua opinião.