LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Showrooming: conheça a tendência que pode ajudar sua loja a vender mais

− Olá, posso ajudar? 

− Estou dando só uma olhadinha, obrigada!

Provavelmente, você se identificou com o diálogo acima. Afinal, quem nunca entrou em uma loja só para dar uma espiada nas novidades e, principalmente, nos preços?

Com o crescimento do comércio online, essa prática ganhou força e está incomodando as lojas físicas. Nos Estados Unidos, a famosa “olhadinha” ganhou até nome: “showrooming”.

É como está sendo chamada a atitude de entrar na loja, conhecer e até testar os produtos, e depois comprá-los pela internet, que já atinge cerca de 80% dos lojistas americanos, segundo pesquisa da Edgell Knowledge Network, em parceria com o eBay.

Funciona assim: a pessoa entra na loja e, ali mesmo, na cara de pau, às vezes até usando o wi-fi da loja, pesquisa pelo celular o preço dos produtos que está vendo ali, ao vivo, nas lojas virtuais.  

De acordo com o ClickIQ, 45,9% dos entrevistados que compraram nos seis meses anteriores à pesquisa afirmaram ter coletado informações em lojas físicas e finalizado a compra em um e-commerce.

Se você é dono de uma loja virtual, nesse momento deve estar pensando: mas que maravilha!

Pois é, mas para conquistar esse consumidor esperto, sua loja precisa oferecer vantagens que compensem a troca. Afinal, muitos clientes optam por comprar nas lojas tradicionais porque querem sair com o produto na mão.

Para vencer a batalha, você deve oferecer boas condições de frete, com entrega rápida. Também é importante que sua loja virtual seja fácil de navegar pelo celular, afinal, é lá que as pesquisas acontecem.

Por fim, é importante investir em preços competitivos – são eles que conquistam o coração e o bolso do consumidor. Aparecer em comparadores de preço, como o Shopping UOL, com boas ofertas também é uma estratégia interessante.

A Amazon.com (sempre ela!) já está se dando bem com esse fenômeno. Segundo estudo da Harris Interactive, divulgado no fim do primeiro semestre deste ano, 57% dos “showroomers” acabam fechando suas compras com ela.

 

Siga o exemplo e boas vendas!