LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Como montar uma agência de turismo virtual

Quem não gosta de conhecer lugares novos? Uma viagem, mesmo que programada em cima da hora, é sempre bem-vinda. Nem mesmo a economia fraca, as condições meteorológicas ou eventos não planejados afetam a indústria de viagens.

As pessoas sempre querem ou precisam ir a outros lugares, seja para uma reunião de negócios ou conferências, para passar as férias com a família em outro Estado ou apenas para desfrutar de alguns momentos de descanso.

Por isso, o mercado de turismo está sempre a todo vapor. Em franca expansão, ele já movimenta mais dinheiro que a indústria farmacêutica, um gigante quando se fala em economia nacional, e está no mesmo patamar do ramo de informática, outro gigante do mercado.

A Pesquisa Anual de Conjuntura Econômica do Turismo (PACET), realizada pelo Ministério do Turismo em parceira com a Fundação Getúlio Vargas, mostra que as empresas ligadas ao ramo do turismo faturaram 62,7 bilhões de reais em 2013, cerca de 5 bilhões a mais que o faturamento do ano anterior. As agências de viagem, por sua vez, tiveram um acréscimo de 13,5% na receita.

Segundo a Organização Mundial de Turismo (OMT), em 2020, o faturamento do setor chegará a 2 trilhões de reais por ano.

Os números mostram que investir nesse ramo é sinônimo de bom negócio. E, você sabia que também é possível montar uma agência de viagens online? Veja o que é preciso para entrar nesse ramo:

Experiência no assunto

Só o fato de gostar de viajar não é o suficiente para atuar nesse mercado. É preciso ter experiência no ramo e conhecer bem o setor para ter sucesso.

De acordo com o Sebrae, não é obrigatório ter curso superior em Turismo para manter o negócio, mas o mercado exige que um dos responsáveis pela empresa tenha,  no mínimo, três anos de experiência em atividades ligadas ao setor. 

Seja parceiro dos operadores de turismo

Engana-se quem pensa que é a agência a responsável por criar os pacotes com traslado, passagem aérea e reserva do hotel. Essa função é das operadoras de turismo. O agente faz, apenas, o papel de intermediador o negócio entre cliente e operadora. Por meio desta parceria, é possível ter acesso a uma grande variedade de pacotes. 

Para isso, é preciso contratar o serviço da operadora, que fica ligada a agência através de uma rede, dando acesso a todas as possibilidades de pacotes disponíveis e possibilitando reservas online.

Licença e registro

Outro ponto importante para que você possa abrir a sua agência de turismo é o registro legal. Quem fiscaliza, orienta e normatiza o funcionamento desse setor é a Embratur.

Você precisa se registrar no órgão para poder atuar no mercado. Além disso, também é preciso ter registro no Ministério do Turismo, o qual irá legalizar as atividades como reserva de passagens e acomodações, realizações de roteiros turísticos e tudo mais que estiver ligado as atividades da empresa.

Diversifique para dar certo

Com o mercado crescendo a taxas tão interessantes, a concorrência acaba sendo grande. Por isso, é preciso pensar em alternativas para se dar bem neste ramo. Segundo a Plunkett Research, as viagens de lazer representam 80% do total de vendas da indústria de turismo.

Dentro deste quadro, você pode oferecer passeios sob medida para os interesses e necessidades de grupos específicos, de viagens de luxo até serviços exclusivos de lua de mel, por exemplo.

O setor oferece, ainda, a possibilidade de trabalhar com viagens ecológicas e de aventura. Esses são, inclusive, segmentos que registram demanda crescente nos últimos anos. Mas fique atento, pois a trabalhar com nichos específicos exige cuidados redobrados, já que o consumidor tende a ser mais exigente.

Fique atento, também, a demanda de clientes da terceira idade. Esse segmento de turismo cresce a cada dia e abrange um público que busca diversão e lazer.

Por fim, uma tendência do ramo de turismo são os sites de compra coletiva, que eles oferecem descontos em viagens curtas e vôos domésticos e internacionais. Eles podem ser um bom canal para promover suas ofertas.

De olho no atendimento

Se sua agência for funcionar apenas na web, lembre-se de que os canais de suporte têm que ser muito eficientes. É muito provável que os clientes tenham dúvidas sobre os pacotes. Investir em um bom FAQ e, se possível, atendimento com chat ao vivo (além de um número de telefone) são boas práticas para vender mais.

 

Pronto para embarcar nessa viagem?

>> Crie e hospede seu site no UOL HOST e tenha o suporte e a qualidade necessária para o sucesso de sua empresa no mundo online.