LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

3 dicas para usar a tecnologia como aliada no crescimento das PMEs

É inegável que a tecnologia influencia o comportamento das pessoas no dia a dia. Um exemplo é ver o número de pessoas mexendo nos smartphones em locais públicos.

A tecnologia ainda tem o poder de alavancar negócios. De acordo com a pesquisa do Boston Consulting Group (BCG), as pequenas e médias empresas que aproveitaram os novos recursos tecnológicos aumentaram as receitas até 15% mais rápido do que as companhias com menos inovação.

A pesquisa revela, também, que a tecnologia faz mais diferença em mercados emergentes do que em países desenvolvidos. Para se ter uma ideia, empresas líderes em inovação no Brasil, China e Índia apresentaram crescimento de 28% de 2010 a 2012. No mesmo período, as companhias similares da Alemanha e dos Estados Unidos avançaram 17%.

Está mais do que claro que destinar uma boa parte da verba da empresa para uma equipe de TI e de inovação gera retorno. Pois, trata-se de um investimento, não de um custo. E com a democratização do acesso à banda larga, é possível fazer muita coisa gastando pouco.

Saiba como usar a tecnologia na sua pequena ou média empresa para expandir seus negócios e aumentar sua receita:

Recursos indispensáveis

A rotina de quem está abrindo o negócio é mais ou menos assim: vive em movimento constante, encontrando novos clientes e parceiros em reuniões. Em meio a tanta correria, o empreendedor não pode perder tempo. Lembre-se que tempo é dinheiro, ainda mais para quem está começando.

Então, providencie smartphones e tablets para a sua empresa. Desse modo, você consegue responder e-mails e fechar negócios mesmo parado no trânsito. Baixe aplicativos úteis, como Word e Excel, no seu dispositivo móvel. Aqui, a lógica é a mesma, atualizar arquivos durante suas viagens de negócios.

Cloud Computing

Tudo fica ainda mais fácil e mais barato quando se usa ferramentas que armazenam documentos em nuvem. Dropbox, OneDrive e Google Drive substituem pen drives e são exemplos de serviços que possibilitam pessoas autorizadas a acessarem as últimas versões de arquivos de qualquer lugar, seja em desktop ou em aparelho móvel.

Considerando a redução de custos parte essencial de uma pequena empresa,  ela não pode abrir mão desses serviços de computação em nuvem. Isso porque ela só paga pelo que usa, dispensando a compra de qualquer software do tipo.

Ainda dentro desse tópico, cabe às pequenas empresas adotarem um ERP (Enterprise Resource Planning). Simplificando bem, trata-se de um sistema de gestão empresarial que reúne as informações de todos os departamentos da empresa em um único espaço. Desse modo, os processos e a comunicação interna ganham velocidade. Como as pequenas empresas não têm tanto recurso para investir em profissionais capacitados de TI, existem inúmeros serviços de ERP oferecidos em nuvem e cada vez mais sofisticados e seguros. Procure o melhor que se adapte à sua necessidade.

Marketing digital

O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) realizou uma pesquisa sobre o acesso à internet. Pelos resultados, 51% ou 85,9 milhões de brasileiros são internautas ativos, ou seja, se conectaram ao menos uma vez nos últimos três meses. Isso significa, na teoria, que todo o conteúdo que a sua empresa publicar na internet pode ser visto por metade da população.

Por isso, investir em marketing digital deixou de ser uma bobagem para se tornar prioridade em muitas empresas. Aqui, é necessário contar com profissionais capacitados que conhecem as técnicas de SEO para posicionar o seu site nos primeiros resultados do Google. Além disso, formar uma equipe para se dedicar às redes sociais, outro excelente canal de comunicação para atingir clientes, é fundamental.

E não para por aí. Construa o site da sua empresa já pensando em todos os tamanhos de telas. O Brasil já alcançou a marca de 42,5 milhões de pessoas que acessam a internet a partir do celular. Desenvolver aplicativos também é uma ótima ideia, só que o investimento já fica bem mais caro.

Os dados lá de cima da BCG já provaram: quem não investe em inovação fica para trás no mercado. Leve as facilidades que a tecnologia traz para o seu dia a dia pessoal para a sua empresa!

 

>> Baixe grátis o E-book Cloud computing: como trazer sua empresa para a nuvem.