LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

Dono de loja de peças automotivas vê suas vendas decolarem ao apostar no e-commerce

A Loja VirtUOL foi a chave para fazer as vendas da empresas crescerem em 40%

Muitos empreendedores que já possuem uma loja física acabam tendo certo receio de investir no mundo digital. Alguns deles pensam que criar um e-commerce é algo caro e complicado, ou que o conhecimento que têm do varejo físico não pode ser aplicado na internet.

Edivaldo Ferreira de Souza, 38 anos, também acreditava nesses mitos e, por muito tempo, isso fez com que não investisse em um e-commerce. Edivaldo era cobrador de ônibus, mas sempre teve espírito empreendedor e queria montar o próprio negócio. Decidiu, então, abandonar o emprego e investir na venda de catalisadores para veículos.

Naquele momento, ele só tinha 170 reais para começar a empresa, mas isso não o fez  deixar o sonho da Soft Brasil Catalisadores morrer.

Edivaldo comprava as peças e, sem um estoque apropriado, as guardava nos corredores de sua casa. Quando relembra dos dias mais difíceis, o empreendedor conta o segredo para persistir: “eu sempre acreditei nesse negócio”.

>> Leia também Integre o estoque das lojas física e virtual e evite problema de entrega

Em 2010, com a renovação da inspeção veicular, as vendas da empresa de Edivaldo começaram a aumentar, e o negócio prosperou. No início, a maioria das vendas acontecia por telefone, os clientes ligavam para Edivaldo e negociavam as peças diretamente com ele.

O empresário conta que, no início, não pensava que uma loja virtual fosse muito importante, porque tinha uma boa clientela e preços competitivos.

Mas, com o tempo, Edivaldo começou a perceber que a estrutura de uma loja física era muito cara e só atendia a população que morava ou trabalhava em seu entorno. Enquanto isso, ter um e-commerce era uma opção mais barata e que poderia trazer clientes de todos os lugares do Brasil.

“É uma loja que funciona 24 horas por dia, o que faz com que o cliente se sinta à vontade para comprar quando quiser”, diz Edivaldo, e revela o quanto o e-commerce é importante atualmente para a Soft Brasil Catalisadores: “se a minha loja virtual parar hoje, minha empresa para”.

Ele diz, ainda, que achou que seria muito mais complicado colocar a loja no ar, mas foi fácil e a tecnologia foi capaz de transformar seu negócio.

A tecnologia que Edivaldo escolheu foi a do UOL. Com a plataforma de e-commerce Loja VirtUOL, ele foi capaz de criar sozinho sua loja virtual, cadastrou os produtos, criou páginas institucionais, personalizou todo o layout e hoje pode fazer todo o gerenciamento do seu negócio online com facilidade.

Como resultado, os clientes se sentem mais seguros e tranquilos para comprar, todo o processo de venda se tornou automatizado, existem mais opções de pagamento e a marca ficou mais profissional ainda.

E tudo isso refletiu nas vendas. Depois de contratar a Loja VirtUOL, as vendas da Soft Brasil Catalisadores aumentaram em 40%. E a empresa de Edivaldo continua prosperando e crescendo todos os meses.

A história de Edivaldo é uma das provas de que mesmo quem já tem um negócio físico que está indo bem pode se beneficiar dos efeitos que ter uma loja virtual traz para a sua marca.

O e-commerce é um dos poucos segmentos que continuam crescendo a um ritmo acelerado, mesmo durante a crise econômica vivida no Brasil. Segundo dados do E-bit, em 2016, o setor faturou mais de 44,4 bilhões de reais e a expectativa é que 2017 termine com um faturamento de cerca de 48,8 bilhões gerados pelas lojas virtuais.

>> Leia o Balanço do primeiro semestre do e-commerce e as previsões para o fim de 2017

Além disso, sejamos francos, não estar na internet, hoje, pode ser fatal para sua empresa. Diversas pesquisas indicam a importância que uma loja virtual ativa na internet pode ter nas suas vendas.

O Retailing Today, por exemplo, apurou que 81% dos compradores pesquisam na web antes de fazer uma grande compra. E, se sua marca não aparece nesse momento de pesquisa, existem boas chances de o consumidor comprar com o seu concorrente, que, com certeza, já está na internet.

Além disso, diferentemente do que muitos empreendedores acreditam, ter um e-commerce pode, também, beneficiar suas vendas na loja física. Segundo um relatório do WordStream, 72% dos consumidores que fizeram uma pesquisa na internet com a localização ativa visitaram uma loja física nas proximidades. E o Engine Land detectou que 78% das buscas online feitas por localização resultaram em uma compra off-line.

Tudo isso significa que o consumidor que encontrar sua marca na internet pode tanto comprar pela internet como escolher fazer uma visita e fechar o negócio pessoalmente. Nos dois casos, a loja virtual ajuda você a impulsionar as vendas!

Foi assim com Edivaldo, e pode ser assim com você também! Se você já tem uma loja física ou está pensando em empreender no varejo, conheça a Loja VirtUOL e descubra! como montar sua própria loja profissional hoje mesmo!