LOGO UOL HOST

Receba por e-mail as novidades e publicações da Academia UOL HOST

5 lições que os empreendedores podem aprender com George Lucas, criador de Star Wars

Inspire-se na trajetória do cineasta!

Com patrimônio estimado em 5,1 bilhões de dólares e prestes a lançar mais uma parte da saga Star Wars, George Lucas é um dos nomes mais bem-sucedidos da indústria cinematográfica.

A gorda conta bancária do diretor, entretanto, não vem apenas de seu talento para criar e contar boas histórias. Boa parte desse sucesso se deve, também, a seu talento e visão como empreendedor.

Além de diretor e produtor, George Lucas investiu na fundação de empresas que se tornaram fortes no ramo do entretenimento – a Lucasfilm, a Industrial Light & Magic (ILM), a Skywalker Sound e a LucasArts. Ele também foi um dos primeiros a perceber a importância que os produtos de merchandising podiam ter no mundo do cinema.

Sempre pronto para tomar decisões ousadas e assumir riscos, Lucas construiu uma marca forte e, ainda que vez ou outra desperte a fúria dos fãs, conseguiu consolidar seu universo no imaginário popular.

Confira o que você, empreendedor, pode aprender com a carreira do diretor. Lições de vida que, muito provavelmente, o cineasta incorporou a sua saga:

1.     Arriscar e apostar em novos modelos

“Mais vale um fracasso honroso do que um sucesso indigno.”

Na negociação de contrato da saga Star Wars, Lucas resolveu dar um passo arriscado. Ele propôs à Fox que abriria mão de milhares de dólares em seu salário como diretor em troca de coisas que ninguém, naquela época, parecia dar valor: os direitos dos filmes da franquia e de todo o merchandising.

O faro do cineasta para um bom negócio provou-se certeiro. Afinal, os produtos de merchandising renderam, e continuam a render, milhões de dólares – muito mais do que ele faturaria com o salário.

Fora do universo do entretenimento, ter visão e apostar em novos modelos também pode valer muito a pena. Procure identificar o potencial de novidades e assuma riscos.

2.     Aprimorar o trabalho

“Você não pode impedir as mudanças, assim como não pode impedir o pôr do sol.”

Mesmo que Star Wars já seja uma obra consagrada, Lucas não se deu por satisfeito e aproveitou muitas oportunidades para revisar seu trabalho no decorrer dos anos. Com o surgimento de novas tecnologias, o diretor buscou relançar os filmes em novas versões, fazendo mudanças como alteração de cor nas imagens e até controversas mudanças de cenas.

Do mesmo modo, no dia a dia do negócio não pode haver espaço para o comodismo! Busque melhorias para seu trabalho, serviços ou produtos constantemente. Isso fará com que você se mantenha atualizado e não fique devendo em qualidade.

3.     Fazer o possível para resolver problemas

“O medo é o caminho para o lado negro. O medo leva à raiva, a raiva leva ao ódio, o ódio leva ao sofrimento.”

Em 1975, George Lucas não conseguia encontrar uma empresa que pudesse fazer os efeitos especiais que ele imaginava para Star Wars. Em vez de mudar seus planos e se adequar às possibilidades do mercado, o diretor foi atrás de outra solução, e criou a ILM.

Além desta empresa, Lucas ainda criou outras e utilizou-as para desenvolver tecnologias compatíveis às ideias que tinha para seus filmes.

Na prática, fundar novas empresas para resolver todos os problemas de um negócio, geralmente, não é uma alternativa viável. Mas a atitude do cineasta pode servir como inspiração para a busca de soluções. Não tenha medo de seguir o caminho mais difícil.

4.     Saber lidar com críticas

“Capacidade de falar não é sinal de inteligência!”

A relação dos fãs de Star Wars com seu criador é mesclada por amor e ódio. Ao mesmo tempo em que são fanáticos pelo universo da franquia, os fãs fazem críticas duras à forma pela qual Lucas vem trabalhando (e alterando) os filmes.

No seu negócio, é provável que as críticas também existam – sejam elas feitas por clientes, concorrentes, parceiros ou funcionários. É preciso saber lidar com a situação, absorver o que é útil e procurar formas de melhorar.

5.     Acreditar no seu potencial de trabalho

“A sua falta de fé é perturbadora.”

Cada passo da história e carreira de George Lucas tem um fator sempre presente: o cara é autoconfiante e segue firme e forte na defensão de suas ideias. Tanto que o diretor faz questão de ter controle criativo total sobre os filmes de Star Wars, pois não quer ninguém mais editando seu trabalho.

Ter fé na sua empresa e no seu trabalho é essencial para desempenhar as atividades diárias e fazer com que o negócio cresça; além de ser algo indispensável para conquistar, também, a confiança de outros.

Comece já a colocar as lições em prática! E que a força esteja com você!

 

É fã de cinema? Então você também vai gostar de ler:

⇒ Como Mad Max resolveria os 6 problemas mais comuns de um empreendedor

⇒ 7 lições dos personagens de Tarantino para os empreendedores